Nome mais comumOutros nomesFamíliaNome científico (Gênero / espécie)Nome em inglêsOrigem / LocalizaçãoObs.
abiucaimito; abiuranaSapotaceaePouteria caimitoReg. Amazônica e na Mata Atlântica de PE até RJfruta bastante cultivada em pomares domésticos com sabor adocicado e caraterizada por um látex que gruda levemente os lábios
abricó-do-paráabricó-da-amazônia; abricó-das-antilhas; abricó-selvagemClusiaceaeMammea americanaMéxico, Caribe, Am. do Sul (Reg. Amazônica)
araçáaraçá-comum; araçá-de-coroa; araçá-amarelo; araçá-vermelho;, araçá de comerMyrtaceaePsidium spp. (mais de 70 esp no Brasil) / esp mais conhecida: Psidium cattleianumAm. do Sul (Reg. Amazônica até Argentina)
araticummarolo; araticum-do-cerrado; cabeça-de-negroAnnonaceaeAnnona crassifloraBrasil (cerrado)além deste "araticum"; existem outras espécies deste gênero "Annona" com este mesmo nome popular: 1) araticum-de-moita ou araticum-do-campo (Annona tomentosa) / 2) araticum-do-brejo ou araticum-liso (Annona glabra) / 3) araticum-mirim ou araticum-da-praia (Annona emarginata ou Rollinia emarginata)
bacuparibacopari; bacoparé; ClusiaceaeGarcinia gardnerianaBrasil (Região Amazônica e Mata Atlântica do CE ao RS)frutos consumidos "in natura" e muito apreciados
bacurilandiranaClusiaceaePlatonia insignisBrasil (Reg. Amazônica); Guianas, Paraguaimuito apreciado na Região Amazônica, principalmente na forma de sorvetes
biribáaraticum-ponhéAnnonaceaeRollinia mucosaBrasil (Reg. Amazônica e Mata Atlântica)popular na Amazônia e Nordeste
cabeludinha cabeluda; peludinhaMyrtaceaeMyrciaria glaziovianayellow jaboticabaBrasil (RJ, SP e sul de MG)cultivada em pomares domésticos da região sudeste / frutos consumidos "in natura" e muito apreciados
cagaitaMyrtaceaeEugenia dysentericaBrasil (Reg. centro-oeste / cerrado)fruto amarelo utilizado para a produção de doces, licores, geleias, sorvetes e sucos / a fruta "in natura" deve ser consumida com cautela por possuir propriedades laxantes
cajácajá-mirim; taperebáAnacardiaceaeSpondias mombinyellow mombim; hog plumCaribe e Am. do Sul (Brsil: Reg. Amazônica e nordeste)fruta muito apreciada nas regiões norte e nordeste
cajá-manga cajaranaAnacardiaceaeSpondias dulcismalay apple; golden applePacífico (Polinésia Francesa) / presente em todo território brasileiro, especialmente no nordestefruta presente em todo território brasileiro e muito apreciada, principalmente na região nordeste
camapufisalis; balãozinho; joá-de-capote; bucho-de-rã; tomate-de-capuchoSolanaceaePhysalis pubescenscape gooseberry; hairy ground-cherry; husk tomatoBrasil (Reg. Amazônica), Colômbia
camboimcambuí; cambuí-vermelho
MyrtaceaeMyrciaria floribundarumberry; guavaberryAm. Central; Caribe; Am. do Sul (Brasil - Mata Atlântica de MG até RS)frutos consumidos "in natura" e na forma de doces e geleias
cambucáMyrtaceaePlinia edulisBrasil (Mata Atlântica do RJ até RS)fruta bem conhecida no passado (primeira metade do século XX), principalmente no RJ, mas hoje muito pouco conhecida sendo cultivada em alguns pomares domésticos
cambuciMyrtaceaeCampomanesia phaeaBrasil (Mata Atlântica em SP e RJ)frutos no formato de "discos voadores" de cor verde mesmo quando maduros / em várias cidades da região da Serra do Mar de SP, ocorre anualmente um festival cultural e gastronômico chamado "Rota do Cambuci" voltado para o resgate e divulgação dessa fruta
cambuí-de-copacabanacambuí-amarelo-grande; princesinha-de-copacabanaMyrtaceaeEugenia copacabanensisBrasil (RJ)pequena fruta encontrada, no passado, na vegetação da Praia de Copacabana e em todo litoral do RJ, mas atualmente bastante rara
cambuí-roxoameixa-da-mata; cambuí-da-praia; cambuí-pitanga; cereja-de-cachorro; cereja-de-joinville; murta; murtinhaMyrtaceaeEugenia candolleanarainforest plumBrasil (Mata Atlântica da BA até SC)
camu-camu camucamu; caçari; araçá-d'águaMyrtaceaeMyrciaria dubiaBrasil (Região Amazônica), Peru
cereja-do-rio-grande cereja-do-mato; ibarapiroca; guaibajaí, ivaíMyrtaceaeEugenia involucrataBrasil (Mata Atlântica do RJ até RS); encontrada também na Argentina, Uruguai e Paraguai
cortiçacortiça-lisaAnnonaceaeRollinia salicifoliaBrasil (SC e RS)existe uma outra fruta também chamada de "cortiça" deste mesmo gênero; é a "Rollinia sylvatica";,também conhecida como "araticum-do-mato" ou "embira"
cruámelão-caboclo; melão-caipiraCucurbitaceaeSicana odoriferacassabanana; casbanan; sikana; musk cucumberAm. do Sulfrutos grandes, cilíndricos, de casca cor escura (marrom, roxa), fragrância agradável e sabor adocicado apropriado para sucos, doces, geleias / quando ainda estão verdes podem ser consumidos como legumes / apresenta propriedades medicinais
cubiu maná; maná-cubiu; tomate-de-índioSolanaceaeSolanum sessiliflorumcocona; orinoco apple; peach tomatoAm. do Sul (Região Amazônica)baga comestível vermelha, laranja ou amarelo usada principalmente na produção de sucos e geleias / apresenta propriedades medicinais
cutiteabiu-cutite; abiurana; cutitiribá; sapota-verde
SapotaceaePouteria macrophyllaAm. do Sul (Reg. Amazônica)
fruta cultivada em pomares domésticos, principalmente na região norte do Brasil / consumida "in natura" e sendo bastante apreciada
feijoagoiaba-serrana; goiaba-do-campo; goiaba-do-mato. goiaba-silvestre
MyrtaceaeAcca sellowianapineapple guava; guavasteenArgentina; Uruguai; Paraguai / Brasil (Sul)
frutos consumidos "in natura" ou sob a forma de doces, sendo muito apreciados
fruta-de-tatucurriola-rasteira; guatucaí; guapeva-rasteiraSapotaceaePradosia brevipesarmadillo fruitBrasil (cerrado)
fruta-pãoMoraceaeArtocarpus altilisbread-fruitIlhas do Pacífico, sudeste da Ásiafruta exótica introduzida no Brasil por volta de 1800 / existe uma outra espécie muito semelhante, a fruta-pão-de-jardim (Artocarpus camansi / em inglês: breadnut), mas com frutos de superfície espinhosa (como a da jaca) e não lisa (como a da fruta-pão verdadeira)
gabirobaguabiroba, guaviraMyrtaceaeCampomanesia spp. (c. 10 esp.)Argentina; Uruguai / Brasil (sul, sudeste, centro-oeste)espécies mais conhecidas: Campomanesia pubescens (gabiroba-do-campo, gabiroba-do-cerrado, gabiroba-felpuda); Campomanesia xanthocarpa (gabiroba-do-mato, guariba); Campomanesia xanthocarpa var. littoralis (gabiroba-rasteira; gabiroba-da-restinga)
graviolapinha-da-guiné-bissauAnnonaceaeAnnona muricatasoursopAm. Central, Caribemuito cultivada nas regiões tropicais do Brasil sendo usada na produção de sucos, doces, sorvetes
grumixama grumixabaMyrtaceaeEugenia brasiliensisBrazil cherryBrasil (Mata Atlântica da BA até RS)frutos consumidos "in natura" e bastante apreciados
guamirimguamirim-cereja; cereja-da-mata; pitanga-roxa; pitanga-pretaMyrtaceaeEugenia floridaBrasil (Mata Atlântica)frutos consumidos "in natura" ou usados na fabricação de sucos, geleias, sorvetes / são muito apreciados pelas aves que disseminam as sementes
ingáFabaceaeInga spp. (c. 300 esp.)México, Am. Central, Am. do Sul / Brasil (Reg, Amazônica e Mata Atlântica)
alg. espécies mais apreciadas: Inga cinnamomea (ingá-açu) / Inga edulis (ingá-cipó, ingá-macarrão, ingá-de-metro) / Inga marginata (ingá-feijão) / Inga sessilis (ingá-macaco, ingá-ferradura)
jambojambo-da-índia; jambo-de-malabarMyrtaceaeSyzygium spp. (c. 1000 esp.)
malabar plum; malay appleÍndia; Malásiaesp. comestíveis mais comuns: Syzygium jambos (jambo-amarelo); Syzygium malaccense (jambo-vermelho); Syzygium samarangense (jambo-rosa)
jamelãojambolão; ameixa-do-pará; azeitona-roxa MyrtaceaeSyzygium cuminijambul, jambolan, purple plum, java plum, malabar plumÁsia (Índia, Sri Lanka, Bangladesh, Indonésia)bastante comum no Brasil como árvore ornamental e de sombra / a queda dos frutos maduros costuma deixar as calçadas manchadas de roxo / frutos consumidos "in natura" principalmente por crianças
jaracatiámamãozinho; mamoeiro-bravo; mamoeiro-do-mato; mamão-de-espinho; barrigudo; chamburuCaricaceaeJaracatia spinosaAm. do Sul / Brasil (Mata Atlântica de MG ao RS)os frutos bem maduros são comestíveis "in natura" e os frutos verdes e o tronco podem ser usados no preparo de doces / a extração do tronco do jaracatiá para o preparo de doce contribuiu para o quase desaparecimento dessa espécie no interior do Brasil
juájoá; juá-frutaRhamnaceaeZiziphus joazeiroBrasil (região Nordeste até norte de MG); regiões secas da Argentina, Paraguai e Boliviafruto do "juazeiro" (vide item "Árvores") / esta fruta apresenta uma polpa doce, de cor amarela, consumida principalmente "in natura" ou sob forma de geleias / na época da seca, os joás servem também de alimento para o gado / obs.: não confundir com a planta" joá" (Solanum aculeatissimum) (vide item "Plantas diversas")
mangabaApocynaceaeHancornia speciosaBrasil (principalmente na região Nordeste)
frutos muito utilizados na fabricação de sorvetes, geleias, doces, sucos e licores
melancia-do-campomelancia-do-cerrado; melãozinho-do-cerrado; cabacinha-do-campo; cabacuí
CucurbitaceaeMelancium campestreBrasil (Cerrado)consumida "in natura" ou em sucos e geleias
muriciMalpighiaceaeByrsonima crassifolia
Brasil (Norte e Nordeste)
consumida "in natura" ou sob forma de sorvetes, geleias, doces, sucos e licores
mutambamutambo; mucungo; embira; fruta-de-macaco; guaxima; pojó; camacãMalvaceaeGuazuma ulmifoliabastard cedar; bay cedar; west indian elmMéxico até Am. do Sul / Brasil (Reg. Amazônica; Mata Atlântica; Caatinga; Cerrado)além dos frutos comestíveis, a árvore da mutamba também é uma importante planta medicinal
pera-do-campoperinha-do-campo; pera-do-cerrado; cabacinha-do-campoMyrtaceaeEugenia klotzschianacerrado pearBrasil (cerrados e campos da região Centro-Oeste e do estado de MG)
frutos consumidos "in natura" ou sob forma de geleia ou suco / essa bebida foi mencionada por Guimarães Rosa no seu livro "Grande Sertão: Veredas": "... então eu entrei, tomei um café coado por mão de mulher, tomei refresco, limonada de pera-do-campo "
pêssego-do-matoivaí; ibajaí; ubajaí
MyrtaceaeEugenia myrcianthes
Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia / Brasil (MG ao RS e MS)
frutos consumidos "in natura" ou sob a forma de sucos, sendo muito apreciados
pindaíbapindaíva; pindaúva, perovana, biribá; cortiçaAnnonaceaeDuguetia lanceolataBrasil (MG até RS)frutos consumidos "in natura"
pitangaMyrtaceaeEugenia uniflorabrazilian cherry; surinam cherryBrasil (Mata Atlântica / PB até RS)
frutos consumidos "in natura" ou na forma de sucos ou geleias / muito cultivada em pomares domésticos de todo o país / existe uma outra espécie de pitanga chamada popularmente de "pitanga-do-cerrado" (Eugenia pitanga) que é uma fruta não-cultivada
pitangatubapitangão; pitangolaMyrtaceaeEugenia neonitidaBrasil (restingas litorâneas do ES e RJ)
fruto lembra uma pitanga, mas de coloração amarela e tamanho muito maior / sabor doce e agradável, sendo consumido "in natura" ou sob a forma de sorvete, suco ou geleia
pitombaSapindaceaeTalisia esculentapitombaBrasil (Reg. Amazônica e Mata Atlântica desde o Nordeste até o estado do RJ)
fruta consumida "in natura" e muito apreciada, sendo bastante comercializada nas feiras das regiões Norte e Nordeste / Em Jaboatão dos Guararapes - PE, se realiza anualmente, no mês de abril,a "Festa da Pitomba"
puruíapuruí; marmelada; marmelada-bola; marmelada-de-bezerro; marmelada-de-cavalo; marmelinhoRubiaceaeAlibertia edulisnorte da Am. do Sul (Reg. Amazônica)sua polpa possui coloração enegrecida de sabor muito semelhante a de uma marmelada pastosa
sapotisapotilhaSapotaceaeManilkara zapotasapodilla; sapottaMéxico, Am. Centralno Brasil, o sapoti é cultivado em pomares domésticos, principalmente do Norte e Nordeste / existem 2 variedades: o sapoti , propriamente dito, que é alongado e a sapota que é arredondada

saputásaputá-do-mato; siputá; bacupari-cipó; uarutamaCelastraceaeCheiloclinium serratum ou Cheiloclinium cognatum
Brasil (Mata Atlântica)existe uma outra fruta também chamada de "saputá" desta mesma família Celastraceae; é a "Sallacia elliptica"
seriguelasiriguela; ceriguela; ciriguela AnacardiaceaeSpondias purpureajocote, red mombin, purple mombin, hog plum, spanish plumAm. Central; Am. do Sul / Brasil (Nordeste)frutos consumidos "in natura" ou sob a forma de sucos, sorvetes e doces // a caipirinha de seriguela é também bastante apreciada
sete-capotesaraçá-do-mato; sete-capas; capoteiro; gabiroba-capoteira
MyrtaceaeCampomanesia guazumifoliaArgentina, Paraguai / Brasil (MG ao RS e também MS)
frutos consumidos "in natura" ou sob a forma de geleias ou sorvetes
taiúvaamora-brancaMoraceaeMaclura tinctoriadyer's mulbery
México até Argentina / Brasil (Nordeste; Cerrado; Pantanal)frutos consumidos "in natura" ou sob a forma de sucos / da madeira desta árvore se extraem tinturas de cor amarela usadas na indústria têxtil
tarumãtarumã-azeitona; tarumã-preta; azeitona-do-mato; azeitona-brava
LamiaceaeVitex montevidensisArgentina, Paraguai / Brasil (de MG ao RS)
frutos consumidos "in natura" ou usados na fabricação de doces ou licores
umarimariIcacinaceae
Poraqueiba sericeaColômbia; Equador; Peru / Brasil (Reg. Amazônica)frutos muito comercializados em toda a Região Norte / são consumidos "in natura" e geralmente acompanhados de farinha d'água (farinha de mandioca)
umbuimbuAnacardiaceaeSpondias tuberosaBrazil plumBrasil (do CE até o norte de MG)
frutos consumidos "in natura" ou sob forma de sorvetes, geleias e doces / a "umbuzada" é uma bebida muito tradicional no Nordeste feita com umbu, leite e açúcar / o umbuzeiro foi chamado de "árvore sagrada do Sertão" por Euclides da Cunha, pois além de seus frutos, suas folhas são também alimentícias e sua raiz é capaz de armazenar grande quantidade de água
uvaiauvalha; ubaia
MyrtaceaeEugenia pyriformisArgentina, Uruguai e Paraguai / Brasil (Mata Atlântica - Sudeste e Sul)
frutos amarelos e muito perfumados / existe uma variedade no formato de "pera" (dái o nome pyriformis) e outra variedade arredondada / consumidos "in natura" ou sob a forma de sucos, sorvetes, geleias ou licores
xixáchichá; xixá-do-cerrado; chichá-do-cerrado; amêndoa-do-cerrado; castanha-de-macacoMalvaceaeSterculia striataBrasil (cerrado)frutos são cápsulas que se abrem contendo até 5 sementes (castanhas) comestíveis "in natura" ou torradas / vide "estercúlia" no item "Árvores"