abanicopequeno abano; pequeno leque
abantesma; avantesmaalma do outro mundo; fantasma
abarbar1) tocar, roçar ou atingir com a barba ou com o queixo / 2) igualar(-se) em nível ou altura; pôr(-se) no mesmo nível / 3) sobrecarregar de serviço, atarefar demais
abegão / abegoariaadministrador ou feitor de quinta ou herdade / lugar onde se guarda o gado e utensílios agrícolas
abichornado1) abafado, sufocante; "tempo abichornado" / 2) abatido, desanimado / 3) envergonhado, vexado
abondo; abondebastante, abundantemente
ab-rogarextinguir a obrigatoriedade de lei; pôr em desuso; anular, revogar
absida; abside
1) nas igrejas cristãs, nicho ou recinto, situado na extremidade da nave principal ou lateral, do coro ou do transepto / 2) capela, oratório
absoltoabsolvido
abstruso1) oculto, encoberto, obscuro / 2) difícil de compreender; confuso, incongruente
acaçábolinho afro-baiano feito de farinha de arroz ou de milho, cozido em ponto de gelatina e envolvido, ainda quente, em folhas de bananeira
acachoar; escachoarprecipitar-se ou jorrar (a água) com força ou velocidade
açafatafidalga a serviço de damas da família real
açafatepequeno cesto de vime, sem arco nem asas, usado para pôr flores, guardar objetos etc
acafelar1) tapar com betume, cimento ou argamassa; rebocar com cal e gesso / 2) murar, tapar com pedra e cal uma porta ou janela
açaimofocinheira, mordaça
acepilhar; cepilhar
alisar, aplainar
achego1) aconchego, amparo, proteção / 2) pequeno rendimento imprevisto / 3) cônjuge, companheiro ou amante
acicate / acicatar1) espora com uma só ponta de ferro / 2) estímulo, encorajamento, ânimo // 1) esporear / 2) incentivar, encorajar, animar
acidulartransformar(-se) em ácido; tornar(-se) mais ácido; acidificar
acoimarcastigar, punir, culpar, censurar, repreender
acolitarajudar, auxiliar, acompanhar
acrimônia1) qualidade de acre, acridez / 2) grosseria, mau humor / 2) severidade de crítica; rigor mordaz; "não poupou acrimônia ao analisar o filme"
açularincitar animal para que morda ou ataque; instigar, açular
adamadosemelhante a dama; afeminado
adamantinoque tem brilho e rijeza semelhantes ao diamante; duro, rijo
adarvecaminho estreito sobre os muros das fortalezas
adeleiroaquele que compra ou vende roupas e objetos usados
ademane; ademanes; ademãgesto, sinal, trejeito
adjutorarajudar, auxiliar
adstrito1) unido a; ligado / 2) obrigado a; constrangido, sujeito
adusto1) queimado ou abrasado / 2) fervente / 3) escuro, tostado em função do forte calor
ádvenaaquele que vem de fora, adventício, estrangeiro, forasteiro
agateado; gateadodiz-se de olho amarelo-esverdeado como de um gato; "uma moça bonita de olhar agateado deixou em pedaços meu coração"
agebadoendinheirado, rico
aguadalugar de abastecimento de água potável
aguadeirovendedor de água
aguçoobjeto aguçado, pontiagudo
aióbolsa para caçada feita de fibras de caroá
ajaezadocheio de enfeites e adereços; arreado, enfeitado, ataviado; "cavalo ajaezado de ouro"
ajoujo / ajoujarcorreia, cordão ou corrente com que se prendem ou jungem animais dois a dois (cães, bois etc.) / prender com ajoujo (cães, bois etc.)
alamar; alamares1) enfeite de roupa feito de trança de fios metálicos / 2) cordões entrelaçados, que geralmente passam por uma ombreira, usados em certos uniformes militares
alanceado1) ferido com lança / 2) aflito, angustiado / 3) injuriado, ofendido, afrontado
alarve1) rude, grosseiro, rústico, ignorante / 2) comilão, glutão
alastrimdoença virótica; forma branda de varíola
albarda / albardeiro1) sela grosseira, ger. de estopa e cheia de palha, própria para resguardar o lombo das bestas de carga / 2) roupa malfeita, de aspecto ridículo, esp. casacos e jaquetas // 1) que fabrica ou vende albarda / 2) que trabalha sem cuidado, sem capricho
álbidoesbranquiçado, alvacento, alvadio
albufeiralago artificial criado por barragem; represa
alcácerfortaleza ou castelo fortificado de origem moura
alcândorapoleiro de aves, especialmente papagaio ou aves de rapina
alcobaçalenço grande de algodão, geralmente de cor vermelha, usado por pessoas que cheiravam rapé
alcouceprostíbulo, bordel
aleivealeivosia; traição
alfacinhalisboeta
alfele; alféloamassa de açúcar ou melaço, em ponto grosso, tornada branca por manipulação e us. em confeitaria;
alfenim1) massa de açúcar muito branca / 2) pessoa frágil, delicada, afeminada
alfitetemassa feita de farinha, ovos, açúcar, manteiga e vinho que serve para vários usos culinários; pastelão
alfobre1) viveiro de plantas / 2) lugar que produz grande quantidade de qualquer coisa; "alfobre de poetas; "alfobre de revolucionários"
alfridáriainfluência que os antigos astrólogos árabes atribuíam a certos astros durante cada sete anos da vida de uma pessoa
alfurja1) pátio interno descoberto, destinado a ventilar e iluminar os aposentos de uma casa / 2) viela onde se atirava o lixo das casas
algibebevendedor de roupas de tecido barato; mascate
aljube1) antiga prisão subterrânea, destinada a padres, geralmente ao lado de um mosteiro / 2) aposento sem luz nem ar
alimária1) animal, besta de carga / 2) pessoa estúpida e grosseira; bruto
almadiapequena embarcação feita de um único tronco, comprida e estreita, usada em algumas regiões da África e da Ásia
almafre, almofreparte da armadura que cobre a cabeça; elmo
almanjarrapau ou eixo a que se prendem os animais para fazer girar o moinho
almedina; medinaparte histórica de cidades árabes do norte da África, geralmente murada, construída em locais altos e contendo um labirinto de ruas estreitas
almenara1) facho de luz que se acendia nas torres para sinalizar / 2) torre onde se acendia esse facho
almotacéfuncionário encarregado de cuidar da exatidão dos pesos e medidas e taxar ou fixar os preços de gêneros alimentícios
almotolia1) pequeno vaso de folha, de forma cônica e gargalo estreito, usado sobretudo para azeite e outros líquidos oleosos / 2) pequena vasilha, com bico estreito e comprido, própria para lubrificar maquinismos
almudeantiga medida de capacidade que, no Brasil, equivalia a 31,94 litros
aloiteesforço fora do comum; lida, luta
alpondracada uma das pedras que formam, de uma margem à outra de um rio, um caminho que pode ser percorrido a pé
alqueivarlavrar (a terra) e deixá-la em descanso, durante um ou mais de um ano, para que possa adquirir maior capacidade de produção
alteiaplantas do gên. Althaea; malva-branca (Althaea officinalis)
alvadio; alvacentoquase branco; esbranquiçado
alvarengaembarcação usada para carregar e descarregar navios
amanho / amanhartécnica de cultivar ou lavrar a terra; lavoura, cultura // 1) cultivar (a terra); lavrar / 2) pôr ordem em; arumar
Ex.: a. as malas, a roupa
amavio; amaviosbeberagem com que se pretende despertar o amor
âmbularecipiente utilizado para guardar os santos óleos
ameiascada um dos pequenos parapeitos ou aberturas da parte superior das muralhas de castelos ou de fortalezas
amelêganzá
anafadobem alimentado, bem cuidado (diz-se de pessoas e animais), bem nutrido
anavalhado1) semelhante a navalha / 2) que corta bem como a navalha; muito afiado
ancoreta1) âncora pequena / 2) pequeno barril usado para transportar água, vinho, aguardente etc.
andejo1) que anda muito, andarilho / 2) que não para em casa; rueiro
andorinhaveículo fechado para transporte de mudanças
anegar1) cobrir de água; inundar / 2) submergir, mergulhar
aneximditado, provérbio, adágio
anosovelho, antigo, vetusto; "anosas oliveiras"
antinomia1) contradição entre leis, princípios ou doutrinas / 2) qualquer contradição
apecum, apicumterreno alagadiço situado à beira-mar; brejo, pântano
apedeuta, apedeuto / apedeutismoignorante / ignorância, necedade
aporiadificuldade de escolher entre duas opiniões contrárias; dúvida, hesitação
aporismarapostemar
apostema; postema / apostemar1) acumulação de pus numa cavidade; abscesso / 2) abatimento moral; desgosto, sofrimento // 1) criar apostema, abscesso; aporismar / 2) estragar, arruinar, deteriorar
apotecáriofarmacêutico, boticário
apotropaico
que tem poder de afastar (influência maléfica, desgraça etc.); "orações apotropaicas"
apresto; aprestos1) preparativo para realização de alguma coisa / 2) material necessário para fazer alguma coisa; petrecho
araçangavara resistente e comprida que os jangadeiros utilizam para matar os peixes já pescados
aratanhavaca de pequeno tamanho, com chifres tortos e recurvados
arcazarca com gavetões usado em sacristias para guardar paramentos, alfaias e outros objetos sagrados
argamandel
trapaceiro, caloteiro
arganel; arganéuargola ou anel da âncora
aringacampo fortificado de chefes de tribos africanas
arpéupequeno arpão; gancho
arrátelunidade de medida de peso correspondente a 459 g
arrepanhar1) apanhar ou arrancar num ímpeto / 2) furtar; roubar / 3) recolher(-se), juntar(-se), fazendo dobras ou folhos / 4) juntar com avidez, economizar avaramente
arrimar1) arrumar / 2) dar arrimo, amparo (financeiro, afetivo etc.) a; cuidar de; sustentar, manter
arrobenome comum a certos xaropes medicinais, preparados à base de extratos vegetais
arrogartomar como seu, atribuir a (alguém ou si próprio) direito a (um privilégio, poder etc.)
arrolo / arrolarcanto para adormecer crianças; cantiga de acalanto // acalentar
arroteiaterra inculta que se começa a lavrar pela primeira vez
arujocisco que caiu na comida
asinhadepressa, sem demora
aspersórioutensílio para aspergir água benta; hissope
atafulhar1) encher muito, até transbordar / 2) encher demais (o estômago); empanturrar-se
atamancarexecutar (tarefa, trabalho) de maneira descuidada, apressadamente
atassalhar1) cortar em tassalhos, em fatias; dilacerar / 2) derrotar, desbaratar / 3) morder, abocanhar
aticismoelegância de maneiras, como a que caracterizava os atenienses; polidez, urbanidade
atilamento1) bom senso; tino, juízo / 2) cuidado, esmero, exatidão
atoniainércia, apatia, abatimento
atrabiliário1) melancólico / 2) irascível, irritável, iracundo, neurastênico
atro1) de cor negra / 2) que produz tristeza; de mau agouro; infausto, sombrio, aziago
atufar1) fazer inchar, tornar bojudo; enfunar / 2) encher(-se) em excesso, abarrotar(-se)
avaniavexame ou humilhação que os turcos impunham aos estrangeiros, esp. aos cristãos
avaroavarento
avelhentar / avelhantado; avelhentado
tornar-se velho antes do tempo / que se tornou velho; "vinho avelhantado"
avernalinfernal
avoejar; voejarbater as asas energicamente; bater as asas e alçar vôo; esvoaçar
azêmolabesta de carga
azenhamoinho d'água; atafona
azinhagacaminho estreito pelo campo fora da estrada principal
azomotivo, causa, oportunidade, ensejo
azoinar1) emitir zumbidos (inseto); zoar, zumbir / 2) perturbar, atordoar
azorraguechicote, chibata, açoite, látego, rebenque, relho
bácoroporco novo e ainda pequeno
badofe1) iguaria da culinária afro-baiana feita com vísceras de boi (fígado, coração e bofe), linguiça e toucinho / 2) comida baiana feita com legumes, camarão, azeite de dendê, etc.
bafiocheiro peculiar ao que é ou está úmido ou privado de renovação do ar; bolor, mofo
bailiona baixa Idade Média, representante do rei nas províncias, que tinha o poder de fiscalizar os funcionários locais,
baiucacasa comercial em que se vendem bebidas alcoólicas a varejo; bodega, taberna
balafo; balafominstrumento de percussão do tipo do xilofone, típico de certas regiões da África ocidental
balandrau1) veste com capuz e mangas largas, abotoada na frente; opa // 2) espécie de capa usada pelos maçons
baldaquim; baldaquinotipo de dossel com cortinas, apoiado em colunas, us. para embelezar tronos, andores, leitos etc.
baldramealicerce de alvenaria
baldroca / baldrocarfraude, trapaça, logro / trapacear, ludibriar
balestraarma ou máquina antiga para arremesso de projéteis; besta
bandótipo de penteado feminino que divide o cabelo em duas partes iguais (fr. bandeau)
bandulhoalgazarra, balbúrdia, desordem, confusão, reunião buliçosa
bandurraespécie de bandolim curto com seis parelhas de cordas
barafustaradentrar com ímpeto; embarafustar(-se)
báratro1) abismo, voragem / 2) inferno
barbacãabertura feita em muralha, pela qual se observam os arredores da fortificação e se atiram setas contra invasores
bariolagemmaneira especial de executar peças de música no violino, empregando cordas soltas
barjoleta; barjuletabolsa grande, semelhante a uma mochila, de linhagem ou de couro
barretinabarrete alto, de formato cilíndrico, feito de feltro ou de peles, que os militares usavam antigamente
basbaquepessoa que fica espantada diante de tudo; simplório, ingênuo
batotatrapaça, falcatrua
batucajédesignação genérica das danças negro-brasileiras
beguino1) membro de uma seita herética dos séculos XII ao XV / 2) frades de ordens mendicantes
beletrismo / beletrista1) criação de obras literárias / 2) atividade literária de segunda ordem // diz-se de pessoa que cria obras literárias
benemerenteque é merecedor de louvores e recompensas, já por serviços relevantes prestados, já por suas qualidades e virtudes; benemérito
berda-mãeforma eufemística de "berda-merda"
bestunto1) cabeça / 2) inteligência curta
betesgaviela, beco, rua estreita, beco sem saída
bicamecalha ou sulco para escoamento de água
bilontra1) espertalhão, finório, velhaco / 2) aquele que é dado a conquistas amorosas
biltreindivíduo ordinário; cafajeste, canalha, velhaco, pulha
bimbalharfazer repicar ou repicar; fazer soar ou soar (sino ou sinos); badalar
biqueiraterminação ou extremidade em forma de bico ou ponta
biraia1) mulher reles ou má; megera / 2) prostituta, meretriz
bisarma1) espécie de alabarda grande / 2) pessoa ou coisa de um tamanho acima do normal, descomunal
bisbórriaindivíduo destituído de valor, desprezível, reles; safardana
bisontebisão
bispotepenico, urinol
bivaqueacampamento provisório, a céu aberto, feito especialmente. à noite por uma tropa ou um grupo de pessoas em marcha
blandíciagesto ou palavra de carinho ou ternura; afago, carícia, brandura
bodejar / bodejosoltar a voz (bode) / berro (bode)
bogó; bocóvaso usado para tirar água de cacimba
boieiropessoa que guarda ou conduz bois; boiadeiro, vaqueiro
bolandeira1) roda dentada de engenho de açúcar / 2) roda que impulsiona o ralador de mandioca
boldriêcorreia a tiracolo à qual se prende a espada ou bandeira
bolodórioconversa animada; bate-papo
bongarprocurar, buscar
boquejarfalar baixo, dizer entre dentes; murmurar; resmungar
bozó1) feitiço / 2) jogo de dados / 3) ânus
braçaantiga medida de comprimento (2,2 m)
brocardoaxioma, aforismo, provérbio, sentença, máxima
bródiobanquete ou refeição farta e alegre
broquelpequeno escudo redondo
bruegachuvinha rápida; chuvisco
bufarinha / bufarinheiroobjeto de pouco valor; enfeite, bugiganga / vendedor ambulante de objetos de pouco valor ou de pouca utilidade; caixeiro-viajante; mascate
bufocômico; burlesco; "ópera bufa"
bulcão1) aglomeração de nuvens espessas que anuncia tempestade / 2) nuvem densa constituída de gases ou líquidos, em rápidos movimentos
bulgarianatecido de qualidade inferior
buqueembarcação pequena, que auxilia em especial os galeões de pesca
burel1) tecido grosseiro de lã / 2) hábito de religioso feiro com esse tecido / 3) traje de luto feito com esse tecido
burjacasaco de couro com fundo de madeira, onde os caldeireiros ambulantes levam ferramentas e as peças que comerciam
burlão; burlador
aquele que engana; que frauda
burnirbrunir, polir
burrego1) burrinho, burrico, burro ordinário / 2) pessoa pouco inteligente
busílisponto central; cerne da questão; x de um problema; "este é o busílis da questão"
bustrofedonescrita que se apresenta da esquerda para a direita e vice-versa, sem interrupção, à semelhança dos regos abertos nos campos pelos bois com o arado
cabazcesto de vime, junco etc., com um par de alças e geralmente com tampa
cabilda1) tribo ou grupo de famílias que vivem no mesmo lugar / 2) grupo nômade que vive mudando de lugar em busca de pasto
cábula1) gazeteiro (aluno) / 2) malandro, esperto
caçanje1) grupo étnico que habita Angola / 2) língua crioula de base portuguesa, falada por esse povo
caceçacabeça
cachaçãotapa, pescoção
cachaçonuca, cangote, cerviz
cacholeta1) pancada leve, com o dorso da mão, ou das duas mãos, na cabeça de alguém; cascudo / 2) censura, repreensão
cachopamenina, moça da província (norte de Portugal)
cacifocaixa, pequeno cofre, gaveta
caçuácesto feito de cipó, vime ou bambu, com alças e tampa, que se prende às cangalhas para o transporte de pequenas cargas
cadilho1) fio, para prender ou amarrar qualquer coisa / 2) espécie de tigela na qual é recolhido o látex das seringueiras
cafezistaprodutor ou negociante de café
cafuleta1) espécie de cofre usado em jangadas, feito de madeira e com tampa de couro / 2) vasilha de madeira com a qual, nas baleeiras, se medem as rações de farinha
cafungemoleque travesso e ladrão
caim / cainhara voz ou o latido de dor dos cães; ganido / gemer ou emitir sons como os ganidos dos cães; lamentar-se ou queixar-se com voz chorosa ou de sofrimento
cainhomesquinho, avarento
calaceiro / calaçariadiz-se de ou indivíduo que não trabalha ou não gosta de trabalhar; preguiçoso, mandrião, vadio / vadiagem; indolência, ociosidade
calceta
argola de ferro fixada no tornozelo do prisioneiro
caldeireiroquem faz ou conserta caldeiras ou outros artefatos de metal
calembur; calembure
jogo de palavras semelhantes no som, mas de significado diferente, que dá lugar a dubiedades ou equívocos e muitas vezes é usado com finalidades jocosas; jogo de palavras; trocadilho
caligem1) nevoeiro denso / 2) escuridão, trevas
calojicabana ou casebre de palha
calundu1) mau humor; irritação, amuo / 2) candomblé
camarinha
quarto de dormir sem janelas; alcova
camboeiro
1) escravo que transportava mercadorias (lenha, cana, capim, etc) na época da escravidão no Brasil / 2) pescador que puxa o cambão (corda)
cambulhada
conjunto de objetos unidos; reunião de coisas diversas; mistura de coisas desordenadas
camilha1) cama pequena ou improvisada / 2) cama ou outro móvel (como canapé), preparado para que, ali, alguém possa repousar, descansar, fazer a sesta
camumbembe1) indivíduo de baixa condição social; indivíduo da ralé / 2) matuto que mora num engenho
canhamão esquerda; canhota, sinistra; "às canhas = com a mão esquerda"
cantáridaespécie de besouro
capadariaconjunto de capados ou porcos de engorda
capadete
bacorinho que ainda não foi cevado
capilé1) calda ou xarope feito com suco de avenca / 2) bebida de frutas com água e açúcar; refresco
capiroteespécie de pequeno capuz ou capelo
capiscarentender, compreender
capitilúvioato de banhar a cabeça
capitoso1) que embriaga, que sobe à cabeça (diz-se ger. de vinho) / 2) de cabeça grande; cabeçudo / 3) obstinado, cabeça-dura; teimoso, turrão
capivara
capulanapano com que os nativos de Moçambique, etc., cobrem o corpo, desde a cintura até abaixo dos joelhos
capulho1) cápsula em que se forma o algodão / 2) envoltório da flor, quando ainda fechada
caramboliceartifício usado para ludibriar alguém; tramoia, trapaça, carambola
caramunha1) queixa, lamúria; "sazonada caramunha" (Gregório de Matos) / 2) choradeira de criança
caranguejapeça metálica ou de madeira atravessada no mastro onde se prendem as velas
carapeba1) espécie de peixe / 2) grupo instrumental nordestino de percussão e sopro
carapeta; carrapeta1) pequeno pião que se faz girar pela pressão exercida com a ponta dos dedos / 2) mentira inofensiva; mentirinha
carapetãogrande mentira, patranha
carcomanome genérico dado a insetos ou larvas que perfuram a madeira, livros etc; caruncho
carfologiaagitação contínua e automática das mãos e dos dedos, que parece quererem apreender pequenos objetos
carimãfarinha de mandioca seca e fina
carimbó1) atabaque, tambor / 2) dança de roda com uma dançarina no centro, ao som de instrumento do mesmo nome
caritó1) casebre, casinhola / 2) prateleira ou nicho rústico nas paredes das casas sertanejas / 3) gaiola para engorda de caranguejos / 4) quarto onde se guardam coisas velhas
cariz1) expressão facial; cara, fisionomia, semblante / 2) aparência da atmosfera
carminativodiz-se de ou substância contra gases intestinais; antiflatulento
carontianorelativo a Caronte, o barqueiro do Hades
carotevasilha de barro com alças para transporte de líquidos
carreiro1) indivíduo que conduz carro de bois / 2) lugar por onde passam os animais de caça
cártulaparte de um monumento, de quadro, etc. que simula uma folha de papel ou pergaminho, com um dístico; cartela
cascalhardar risada
cascavilhar1) remexer à procura de alguma coisa / 2) bisbilhotar
cáspiteinterjeição de admiração ou espanto, geralmente com um pouco de ironia ou com tom jocoso; caramba
cassatecido fino, transparente, de linho ou de algodão
casulaparamento eclesiástico, de seda, damasco etc., guarnecido de galões cujas cores variam conforme o rito, e que o sacerdote veste sobre a alva e a estola para celebrar missa
catadura1) expressão do semblante (de ser humano ou animal) / 2) aspecto, aparência; "cicatrização de catadura normal"
catanduva1) terreno argiloso e pouco fértil / 2) mato rasteiro e cheio de espinhos, típico desse terreno
cataplexia1) apoplexia = AVC (acidente vascular cerebral) 2) perda súbita dos sentidos
caterva1) grupo de pessoas ou coisas / 2) bando de pessoas de má índole; corja, malta
catraia1) pequeno barco, geralmente com duas proas, bem resistente e que pode ser conduzido por uma só pessoa, us. para transporte e outros serviços em portos, baías etc / 2) prostituta de baixa categoria
catrevagem1) sobra de materiais de construção / 2) monte de quaisquer objetos / 3) móveis e utensílios pobres
cauimbebida indígena, alcoólica, feita com mandioca ou milho
cavacalasca de madeira; cavaco, acha
cavalicoquecavalo pequeno e barato
cavaquearconversar despretensiosamente, de maneira amigável; papear
cavilação / cavilosotrama ardilosa; ardil, astúcia / em que há cavilação ou usa de cavilação; "pessoa cavilosa", "argumento caviloso"
cavouqueiro1) aquele que abre cavoucos; cavoucador / 2) trabalhador de minas ou pedreiras
cavucapote sem mangas
caxirenguenguefaca desgastada e inútil, às vezes com a lâmina partida ou sem cabo; quicé
cazumbi; cazumboalma do outro mundo; fantasma, zumbi
cenóbiomorada de monges, cenobitas; convento
cenotáfiomonumento fúnebre; sepulcro honorário; sepulcro vazio
cercilhocoroa ou tonsura muito larga de que usavam alguns frades
cernelha1) região localizada entre os ossos do ombro e a base do pescoço de diversos animais, como os ovinos e bovinos / 2) parte do arreio que fica próxima ao pescoço da cavalgadura
cerviznuca, cangote
cesura / cesurar1) abertura em superfície; corte, incisão / 2) pausa ou corte no interior do verso, identificando as suas divisões rítmicas // abrir ou fazer abrir cesura, corte em; cortar, golpear
chaçopedaço de madeira ou ferro com que o tanoeiro aperta os arcos dos tonéis, batendo-lhes com o macete.
chalrear; chalrar1) falar muito; palrar, tagarelar; "os jovens chalreiam na praça" // 2) emitir sons (pássaros); chilrear, gorjear; "os pardais chalreavam em revoada"
chamalotetecido de lã de camelo; tecido de pelo
chanfalho1) faca ou espada velha e sem corte / 2) instrumento musical desafinado
charamela1) antigo instrumento de sopro, feito de madeira / 2) instrumento de música pastoril; flauta delgada / 3) grupo musical formado por instrumentos de sopro de timbre estridente; charanga
charivaridesordem, algazarra, alvoroço, tumulto, confusão, balbúrdia
chasco / chasquearzombaria; caçoada; galhofa, escárnio / fazer chasco; zombar, troçar, escarnecer
chimchinês
chinchapeça de arreio que passa por baixo da barriga do animal / chamar na chincha = ter uma conversa séria; pressionar; "vou ter que chamar ele na chincha"
chinfrim (subst)confusão, balbúrdia, algazarra
chinfrinadaalgazarra, balbúrdia, desordem, confusão, reunião buliçosa
chinócabeleira postiça para o alto da cabeça
choldraclasse social mais baixa; plebe, ralé, gentalha, escória, corja, gentinha, populacho, arraia miúda
chorrilhogrande quantidade de coisas ou de pessoas que se sucedem ou se acumulam; série, enfiada; "chorrilho de besteiras; "chorrilho de crianças"
chorume1) gordura que exsuda da carne de um animal; banha, unto / 2) resíduo líquido formado a partir da decomposição de matéria orgânica presente no lixo
chorumelacoisa de pouco valor; quantia insignificante; ninharia
chouto / choutar, chouteartrote curto de cavalo, ger. incômodo para quem o monta / trotar
chuchurrear1) beber aos poucos; bebericar / 2) fazer ruído com os lábios ao beber ou ao beijar
chufacaçoada, troça, chalaça
chulipa1) pancada que se dá com o lado do pé nas nádegas de alguém / 2) piparote aplicado na orelha de alguém
chusmais / "nem chus nem bus" = nem mais nada; "não dizer nem chus nem bus" = não dizer nada
ciano1) (subst) a cor azul pura, uma das três cores básicas / 2) (adj) que tem essa cor; "corante ciano"
cibóriovaso sagrado em que se guardam as hóstias
cimalhasaliência na parte mais alta da parede, em que se assentam os beirais
cismáticomeditativo, preocupado
clâmidena Grécia antiga, manto que se prendia por um broche ao pescoço ou aos ombros
clavinacarabina
cocotemeretriz elegante; cortesã
codacauda, parte traseira
codicilotestamento
coetâneoda mesma época; contemporâneo, coevo
coevoda mesma época; contemporâneo, coetâneo
cogulhatúnica larga, geralmente com capuz, usada por monges de certas ordens monásticas
coinchargrunhir (o porco); guinchar
coitador, mágoa, aflição, desgosto (principalmente, por amor)
colofãonos manuscritos e nos incunábulos medievais, nota final que fornece referências sobre a obra e indicações relativas à sua autoria, transcrição, impressão, lugar e data de sua feitura
colubrina1) antiga peça de artilharia, comprida e fina, de grande alcance, que se disparava apoiando no ombro / 2) espada de lâmina sinuosa
coma1) cabeleira grande; juba, crina / 2) vírgula
comborço / comborçaaquele que é amante de uma mulher em relação ao marido ou outro amante dessa mulher / aquela que é amante de um homem, em relação à mulher ou a outra amante desse homem
comezainarefeição abundante; grande quantidade de comida
cominaçãoameaça de pena; ameaça de castigo
comissuraencontro de duas partes; junção
cômoropequena elevação de terreno, monte, outeiro
conarcacondutor e adestrador de elefantes
conezia1) relativo a cônego; cargo de cônego / 2) sinecura
côngruapensão recebida pelos párocos
consabidosabido, conhecido por muitos ou por todos; "fato consabido"
consumiçãoamolação, aborrecimento, preocupação
contubérniocoabitação, concubinato, amigação, mancebia
contumélia
injúria, insulto, afronta
conúbiounião conjugal entre duas pessoas; casamento, matrimônio
convolutoenrolado sobre si ou em volta de algo; embrulhado em forma cilíndrica; envolvido; "ornamentos convolutos"
copiar; copiara; copiáalpendre das casas rurais nordestinas
cordoveiasas veias e tendões salientes do pescoço
cornimboque
caixa para rapé feita com a ponta de um chifre
corografiadescrição ou representação de um país, região ou área geográfica particular, num mapa ou carta, que explicita visualmente, através de código(s), as suas características mais notáveis
corruptelaacampamento de garimpeiros
corta-jaca1) passo tradicional do samba de roda, no qual o dançarino torce e movimenta o pé como se estivesse cortando jaca / 2) bajulador
cotaparte da armadura que cobria da cintura aos joelhos
coutada / couteiroterra onde era proibido caçar / aquele que vigiava a coutada
couto; coitoterra em que se proibia a entrada de estranhos; abrigo, refúgio, esconderijo, valhacouto
coveta1) pequena cova / 2) cova onde se joga a semente da cana
coxia1) passagem estreita entre duas fileiras de cadeiras, bancos, etc / 2) nos teatros, corredor em torno do palco, não visível ao público; bastidores
coxim1) almofada / 2) sofá sem encosto, divã
crapulosodevasso, libertino
cravelhotaramela, tramela
crematística
ciência da produção das riquezas; arte de adquirir bens e de os conservar da forma mais proveitosa.
crena; crênula / crenado; crenuladofenda, fissura / provido de fenda
crestomatiacoletânea de trechos em prosa ou verso escolhidos da obra de um ou mais autores, geralmente com finalidade didática; antologia
crisolrecipiente utilizado para experiências químicas; cadinho
croca1) porca que trata mal os leitões / 2) mulher que maltrata seus filhos
cubatachoupana coberta de folhas; choça (termo africano)
cúspideponta aguda e geralmente alongada de (algo)
daguerreótipoantigo aparelho fotográfico inventado por Daguerre
dalacalha presa ao costado de embarcação, para que se lancem ao mar águas servidas, cinzas ou lixo, sem sujar o costado
dalmática1) antiga espécie de túnica, usada pelos dálmatas e adotada pelos romanos / 2) essa túnica ou suas adaptações usada por diversas dignidades eclesiásticas / 3) túnica usada pelos reis franceses da Idade Média
danêsdinamarquês
dealbar1) tornar branco; clarear / 2) amanhecer
debicar1) picar com o bico / 2) comer pequena quantidade de
debiquedeboche, zombaria, escárnio
deblaterarexpressar-se calorosa e criticamente (contra alguém ou algo); bradar, imprecar
debuxaresboçar, delinear, bosquejar
decurião1) na milícia romana, oficial que comandava um grupo de dez cavaleiros / 2) na escola, aluno mais adiantado que atua como professor junto aos outros alunos
dédalo1) emaranhado de caminhos; labirinto / 2) o que é intrincado, confuso; complicação "perdeu-se no dédalo das normas administrativas"
defecçãoabandono de uma obrigação ou compromisso; deserção
defluircorrer, deslizar (liquido) "as águas defluíam pedra abaixo"
degenerescênciadegeneração; redução ou declínio de qualidade
deletérioque destrói, que causa dano; daninho, danoso, insalubre, nocivo; "ação deletéria"
deletrear1) soletrar; "o aluno teve que deletrear as palavras" / 2) ler com dificuldade; "lia a carta devagar deletreando o texto" / 3) esclarecer, elucidar; "só ele podia deletrear aquele mistério"
delinquirpraticar falta grave; agir de forma criminosa ou delituosa
deliquescênciadegeneração, decadência
delir
fazer desaparecer; apagar, dissipar; "ela conseguiu delir a tristeza de seu coração"
delitescência
desaparecimento dos sinais de uma doença
dementarficar demente; enlouquecer
demiurgo1) qualquer divindade / 2) criador de obra extraordinária
demudarmudar, modificar, transformar
deontologiaconjunto de deveres profissionais de qualquer categoria profissional
deputação
delegação de poder ou de mandato
derrear1) curvar, vergar; "o vento forte derreava as árvores" / 2) abater "nada parecia capaz de derreá-lo"
derreliçãoabandono, desamparo
derriçardesfazer (algo que está intrincado); desembaraçar, desemaranhar, desenredar; "derriçar um nó"
derrisão / derrisóriozombaria, sarcasmo, deboche / em que há deboche, zombaria
derrogar
1) modificar ou abolir em parte (lei, regulamento) / 2) transgredir ou tornar nulos (ideias ou costumes estabelecidos)
desaçaimado
que perdeu o açaimo; a focinheira (diz-se de animal)
desazofalta de jeito, de habilidade, de aptidão
desensofridoiImediatista, que quer tudo para ontem, ansioso
desforçodesafronta, desagravo, vingança
desídia1) indolência, ociosidade, preguiça / 2) falta de cuidado, desleixo
deslambidocínico, descarado, sem-vergonha
desnastrado; desenastrado
sem nastro; desatado
desobriga1) desobrigação, quitação / 2) cumprimento do preceito da Quaresma
desorasa desoras = tarde da noite; fora de hora
despadrardeixar de ser padre
destabocarfazer perder ou perder o acanhamento, a vergonha; tornar(-se) desembaraçado
destarteassim sendo; deste modo
detrair / detrativodesvalorizar o mérito, a importância de; aviltar, depreciar, detratar / que detrai
devesaterreno cercado ou murado
devirvir a ser; passar a ser; tornar-se (obs,: alt. do francês devenir)
dianhodiabo
dichotegracejo, zombaria, motejo
diegese
realidade própria de uma narrativa (livro, filme, etc)
disgrama
desgraça
dislate
bobagem, asneira, despautério
distaldistante do centro ou da origem; remoto
diurnal (s) / diurnal (adj)livro de orações diárias / diário, diurno
doestoinjúria, insulto, vitupério
dólmãcapa curta usada pelos hussardos; túnica
dorna1) receptáculo ger. grande e de uso doméstico que serve para tomar banho, lavar roupa etc. / 2) recipiente usado para pisar uvas
drapejar1) dispor (um tecido) de modo que forme dobras ou ondulações; drapear / 2) ondular, oscilar ao vento
ebúrneo1) relativo a marfim / 2) que apresenta cor alva como o marfim
écloga; églogapoesia pastoril (em forma de diálogo)
edênicorelativo ou pertencente ao Éden; paradisíaco
edípicoreferente ao complexo de Édipo; edipiano; "complexo edípico"
efebohomem jovem; rapaz, mancebo
egéria1) mulher inspiradora; mulher conselheira / 2) inspiração
eidéticosegundo a fenomenologia, relativo à essência das coisas
eletuáriopreparado farmacêutico de consistência mole geralmente composto de mel, xarope e conservas, utilizados como calmante e purgativo
eliciarfazer sair; expulsar, expelir
eludiresquivar-se com destreza; descartar-se habilmente
elusivoesquivo, fugidio, impreciso, vago
emaciadoexcessivamente magro; macilento
embainhar1) introduzir em bainha / 2) fazer bainha em
emboança1) conversa fiada, lero-lero / 2) fanfarrice, bravata
embuçarcobrir (o rosto), deixando apenas os olhos de fora
eméticoque ou o que provoca vômito; vomitório
empavonartornar(-se) vaidoso ao extremo; pavonear(-se) 
encalamoucardar calote em; enganar, lograr, ludibriar
encalistrar
1) envergonhar, encabular / 2) teimar, embirrar, obstinar
encanzinar1) zangar, encolerizar / 2) insistir, teimar de maneira obstinada
enclenque1) adoentado, fraco / 2) mole, covarde
encômioelogio, louvor, apologia, loa, panegírico
enconchar1) meter(-se) dentro de uma concha ou similar / 2) dar forma de concha a
enfarpelarvestir com roupa nova e bonita para ocasiões especiais
enfrolarpronunciar (palavras) de maneira imperfeita ou indistinta; embolar
engrolarpronunciar (palavras) de maneira imperfeita ou indistinta; embolar
engulharter ou provocar engulho(s), ânsia de vômito
engundadopuxado para cima e preso acima das ancas (diz-se de saia, vestido)
enlanguescerperder as forças; definhar, debilitar, enfraquecer
enriçartornar (o cabelo) riço, crespo
ensarilhar1) pôr (alguém) em sarilho ('confusão') ou meter-se em sarilho / 2) apoiar em sarilho ou pôr (armas) no chão apoiadas umas nas outras pelos canos ou baionetas
ensolvarumedecer pólvora de (arma de fogo), para que não dispare
ensombro1) coisa que dá sombra; toldo, copa de árvore / 2) proteção, amparo, abrigo
entanguido1) tolhido de frio; traspassado de frio / 2) que comeu demais; empanzinado
enteógenosubstância alteradora da consciência que induz ao estado xamânico ou de êxtase
entremostrar
mostrar parcialmente; deixar entrever
entoncesentão
entufarfazer aumentar de volume, fazer inchar, intumescer(-se)
enxárcianas embarcações a vela, conjunto dos cabos fixos que sustentam os mastros e mastaréus e dão acesso às vergas
enxerga; enxergãocolchão grosseiro, rústico, geralmente de palha
enxúndia1) gordura animal, esp. a de porco e aves; banha / 2) adiposidade no ser humano; gordura, banha
enxurroenxurrada
epitalâmiohino nupcial; canto ou poema composto para celebrar um casamento
epítome1) resumo de obra literária, histórica ou científica, geralmente destinada ao uso didático / 2) sinopse, síntese, resumo
ergástuloprisão, cárcere, masmorra, calabouço, enxovia
erística
1) técnica de disputa argumentativa no debate filosófico / 2) argumentação sem preocupação com a verdade
eructararrotar
esbater1) tornar mais tênues os contrastes por meio da colocação de tons mais suaves entre os mais fortes / dar destaque a (uma figura)
esbirrooficial de justiça de baixo nível; empregado de nível inferior em tribunais
esbulhar / esbulhoapossar-se ilegalmente do que não lhe pertence; espoliar, usurpar / ação de esbulhar, espoliação
escabroáspero ao tato
escabujardebater-se, sacudindo os pés e as mãos; espernear, estrebuchar
escancelar
abrir amplamente, escancarar (olhos, boca etc.)
escaparateredoma de vidro; pequeno armário envidraçado; vitrine
escalavrar / escalavradura
ferir a pele; escoriar; esfolar / ferimento superficial, sem gravidade; escoriação
escandecer1) fazer ficar ou ficar em brasa; tornar(-se) muito quente; "o fogo escandecia a lenha" / 2 ) fazer ficar ou ficar corado, avermelhado; "o sol escandecia os banhistas"
escaqueirarreduzir a cacos; despedaçar
escarmento1) castigo, punição / 2) repreensão, censura
escarnicar
escarnecer, zombar
escoproferramenta de aço usada para lavrar pedra, madeira ou metal; cinzel
escorva1) conjunto de artefatos (espoleta, estopim, detonador etc.) que permite provocar a explosão de uma carga / 2) parte da arma em que se coloca a pólvora
escovémabertura circular no costado do navio próximo à roda de proa, por onde passa a amarra
escrófulatuberculose linfática
esfuziar1) soprar forte; " o vento esfuziava nos bairais" / 2) produzir ruído agudo e sibilante, como projéteis ou balas disparados; sibilar, zunir; "o giro da hélice esfuziava em seus ouvidos " / 3) lançar (comentários, ditos etc.) como projéteis; dardejar; "esfuziar comentários sarcásticos"
esgadanhararranhar; "o gato me esgadanhou"
esgalho1) broto de planta pouco desenvolvido / 2) resto do galho que fica na planta podada
espampananteespalhafatoso, extravagante, excêntrico
espandongar / espandongado
colocar em desordem; estragar / desengonçado, amarrotado
esparrinharespargir ou sair em borrifos
espeque / especar1) pau, esteio, estaca de madeira usada como escora / 2) arrimo, proteção, amparo, apoio // escorar com espeque; escorar, parar, estacar
espipar1) romper(-se), estourar, furar, rebentar / 2) aparecer de repente; surgir, saltar
espolinhar-seespojar-se, revolver-se no chão
espórtula1) donativo, esmola, ajuda, óbolo / 2) gorjeta, gratificação
estafermo1) pessoa parada e apalermada / 2) pessoa inútil; pessoa que atrapalha; empecilho, estorvo
estentor1) Indivíduo que tem voz muito potente / 2) voz extremamente forte
estilhapedaço, fragmento de qualquer coisa; estilhaço
estipêndiosalário ou pagamento por serviços prestados; honorários, ordenado, remuneração, vencimentos
estorcer1) imprimir movimentos fortes de torção a / 2) contorcer-se de dor, de desespero, de aflição etc.
estólidoestúpido, néscio, parvo, tolo
estreleiroque, pressionado pelo freio, ergue muito a cabeça (diz-se de cavalo)
estrênuo1) valente; destemido, corajoso / 2) persistente, tenaz
estroentusiasmo artístico; inspiração, verve; "o estro dos grandes poetas"
estroina1) que leva vida boêmia, leviana, e gasta dinheiro em excesso; "mocidade estroina" / 2) indivíduo leviano e perdulário
estrompar / estrompadoobrigar (alguém ou a si próprio) a trabalho longo e pesado; cansar(-se), fatigar(-se) / sem força física; extenuado, cansado, fatigado
estronca1) forquilha usada. no levantamento ou sustentação de grandes pesos / 2) escora de madeira para apoiar paredes vacilantes
estrovengacoisa complicada, esquisita, fora do comum; estrupício
estrugirsoar ou vibrar fortemente; retumbar
estugar1) caminhar rapidamente, aumentando as passadas; apressar o passo / 2) Incitar, estimular, instigar; "o cavaleiro estugava o animal"
estumaracirrar a ferocidade canina; instigar (cães) para que se tornem agressivos; açular; "todos os dias, o treinador estuma os cães de guarda"
estupamonumento indiano, construído em forma de torre, usado como mausoléu ou local de devoção
estuporindivíduo muito feio, de muito mau aspecto ou profundamente desagradável
esvurmar1) espremer o pus (de tumor, pústula) / 2) extirpar ou sair como pus / 3) limpar algo do que é nocivo ou prejudicial
evencer / evicçãodesapossar alguém juridicamente // 1) ato de evencer / 2) perda de um bem pelo adquirinte em consequência de ação judicial feita pelo verdadeiro dono
exação1) em direito administrativo, atividade de arrecadar ou receber impostos, taxas, emolumentos etc / 2) atenção, desvelo, cuidado, esmero na realização de algo
exânimeque desmaiou; desfalecido
excisãoato de cortar, ablação, amputação
exorcismaresconjurar, exorcizar (alguém) para expusar espíritos malignos de seu corpo
exórdioprefácio, prólogo, preâmbulo, proêmio
exprobrar / exprobraçãocriticar, censurar, repreender, recriminar, reprochar; "exprobrou o comportamento das pessoas no evento" / crítica, censura, repreensão, recriminação, reproche
exsicar / exsicantesecar, ressequir / que exsica; que resseca
facéciachacota, gracejo, pilhéria
factótum1) indivíduo encarregado de realizar todas as tarefas e obrigações de outrem; faz-tudo; "ele era o factótum do chefe" / 2) pessoa necessária, indispensável, imprescindível
fagócito / fagocitose
célula que ingere material estranho / processo pelo qual fagócitos ingerem partículas estranhas
faiscadorgarimpeiro que cata faíscas de ouro em minas abandonadas
falanfão
falante, fanfarrão
falaz
1) que engana; que mente / 2) enganoso, falso
falripascabelos curtos e ralos
falua1) embarcação de duas velas, para águas pouco profundas destinada mais ao transporte de mercadorias do que de pessoas / 2) embarcação a velas usada no rio Tejo, que se emprega na descarga dos navios que frequentam o porto
fâmulocriado, empregado, serviçal
fanchonopederasta, gay
fanfrelucheadorno ligeiro e barato (um rendado, um pompom, uma pluma etc.) do vestuário feminino ou do mobiliário
fanico1) porção mínima; pedaço, migalha / 2) crise nervosa sem gravidade; chilique, faniquito, fricote
fanqueirocomerciante que vende tecidos de algodão, linho, lã etc.
farândola1) grupo de maltrapilhos / 2) bando de pessoas de má fama / 3) dança do sul da França
fariscarfarejar
farolimpequeno farol que ger. serve à navegação costeira
farpela1) vestimenta, roupa / 2) roupa gasta, imprestável; trapo, andrajo, farrapo
farranchogrupo de pessoas que se dirige a uma festa ou romaria
farripas, falripascabelos curtos e ralos; farripas
farrusco1) que tem a cor escura; negro / 2) manchado de carvão, de fuligem; encarvoado, enfarruscado
fartumcheiro desagradável; inhaca, morrinha, bodum
fasto (subst) / fasto (adj)pompa, fausto, ostentação // feliz, próspero
favilalume coberto ou misturado com cinza
felátrabalhador ou artesão da classe baixa entre os egípcios
femeeirodiz-se de ou macho que está sempre à procura de fêmeas; mulherengo, garanhão
ferrabrásfanfarrão, valentão
férula1) palmatória / 2) rigor disciplinar; severidade de comando
fiancolado / de fianco = de lado
fichuespécie de abrigo, de tecido leve e formato triangular, com que as mulheres cobrem a cabeça, pescoço e ombros
fifópequeno lampião a querosene
filandrafios compridos e muito delgados
filáuciaamor de si próprio; vaidade, presunção
fisgainstrumento pontiagudo, semelhante ao arpão, us. em pesca
físicomédico
fito1) alvo, mira / 2) objetivo, propósito, fim
flamívomoque expele chamas
flogísticofluido que, acreditava-se, através de calor e luz, produzia combustão
florilégio1) coleção de flores escolhidas / 2) coletânea de trechos literários; antologia
fogacho1) pequena labareda; chama / 2) fogueira, fogaréu / 3) aparecimento súbito e intenso de sentimentos violentos; arrebatamento, assomo
fojo1) armadilha para caça de animais ferozes que consiste em um buraco profundo, cavado no chão e disfarçado com ramos e galhos / 2) parte muito funda num rio / 3) caverna, gruta
fona1) avarento, mesquinho / 2) efeminado
foral1) carta de lei que os reis concediam às terras que conquistavam, que fundavam ou que se desenvolviam e que regulava o modo de se administrar, de lançar tributos e estabelecer outros privilégios / 2) qualquer regulamento; norma de vida
forjicar1) forjar (uma coisa) com demasiado trabalho, metendo-a muitas vezes na forja; aprimorar, burilar / 2) inventar, maquinar, falsificar
forretasovina, avarento
fouveirocastanho-claro (esp. cavalo)
frascáriolibertino, leviano, devasso, dissoluto
fregebarulho de vozes acaloradas; discussão, gritaria
frege; frege-moscastaberna, tasca, casa de pasto
frondapartido da nobreza francesa que, durante a menoridade de Luís XIV (1648-1653), combateu o absolutismo do Cardeal Mazarino
frontariaviela, rua estreita; beco estreito, sem saída
frouxel1) conjunto das penas mais leves e macias das aves / 2) maciez, suavidade
frumento / frumentáriotrigo selecionado; qualquer cereal / relativo a trigo
fubicacarro velho; calhambeque, ximbica
fumbambentodesbotado, opaco, pálido
funâmbuloequilibrista que anda na corda bamba ou arame, demonstrando sua destreza em exibições públicas
furrielantiga graduação militar superior a cabo e inferior a sargento
fuste1) pau, acha de lenha / 2) cabo, haste roliça de madeira
futicar1) amarrotar, amarfanhar; "o chique era futicar uma roupa de linho depois de muito bem passada" / 2) furar, espetar; "futicou o dedo com a agulha" / 3) amolar, aborrecer, importunar
gaboarrogância, presunção
gabola; gabarola / gabolice; gabarolicepessoa que se gaba a si mesmo, dos próprios feitos; garganta, fanfarrão; "é um cara muito gabola; não dê ouvidos a ele" / fanfarronice
gadanha; gadanhofoice de cabo comprido para cortar feno; alfanje
gadanhogarra de ave de rapina; unha
gafo / gafanhaleproso / terra de leprosos
gaioave da família dos corvos
gaiutaarmação metálica ou de madeira dotada de vidraças, que cobre uma escotilha, protegendo da intempérie o interior de uma embarcação
galdério1) vadio / 2) gastador, esbanjador
galearbalançar (navio)
galerianopessoa que cumpria pena como remador nas galés
galernovento suave e aprazível
gamenho1) indivíduo muito arrumado, muito enfeitado; janota / 2) malandro, vadio
ganachaa maxila inferior do cavalo
ganganamulher idosa (expressão carinhosa, empregada geralmente pelas crianças)
garajauespécie de cesto alongado em que se levam galinhas e outras aves ao mercado
garçãogarçon
garçodiz-se de olho esverdeado; gázeo
garrano1) cavalo pequeno e forte / 2) patife, enganador, velhaco
garrinchaespécie de ave; cambaxirra
garrulicehábito de falar muito; loquacidade, tagarelice
gatafunhogaratuja; garrancho
gatimanho; gatimanhasinal feito com as mãos; gesticulação, gesto, trejeito
gato-pingadoindividuo que acompanhava os enterros com archote na mão
gazearfaltar as aulas para vadiar ou fazer alguma coisa; gazetear
gázeodiz-se de olho esverdeado; garço
gazuainstrumento metálico, curvo, com o qual se abrem fechaduras na falta da chave apropriada
gelosiapersiana que pode ser enrolada em sua parte superior; veneziana, rótula
gengibirra1) cerveja de gengibre / 2) aguardente de cana; cachaça
gentil-homem1) homem nobre de nascimento; fidalgo / 2) elegante, garboso, airoso
genuflectir; genufletirato de dobrar o joelho; ajoelhar-se
genuvalgodeformação caracterizada pela aproximação dos joelhos e afastamento dos pés
geolhojoelho
gestafeito heroico, seja real ou lendário; façanha
gibão1) antiga peça do vestuário masculino, usada por baixo do paletó / 2) casaco de couro usado por vaqueiros
gigocesto de vime; engradado
gigoleteprostituta, especialmente a que se liga a um gigolô
gilvazferimento ou cicatriz no rosto
gineceuna Grécia antiga, parte da habitação destinada às mulheres
girândolaroda onde são colocados fogos de artifício para serem lançados e estourarem em sequência
giróvago1) monge que não pertencia a nenhuma ordem e andava vagando de convento em convento / 2) vagabundo
gládioespada curta e de dois gumes
glaucode tom verde-claro; esverdeado
gofrar1) fazer nervuras (em folhas ou flores artificiais) / 2) dar relevo ou certa textura a (papel ou cartão)
goivaferramenta semelhante ao formão usada por marceneiros, escultores, xilogravadores etc. em peças de madeira
gomiljarro de boca estreita, próprio para despejar água nas mãos
gongóricoafetado, rebuscado
gorjagarganta, goela
graçola1) gracejo de mau gosto / 2) piada engraçada, às vezes picante ou obscena
grão-vizirprimeiro-ministro (Império Turco-Otomano)
grapiúnahabitante da região cacaueira (sul da Bahia)
graveolênciamau cheiro; fedor
gravibundocheio de gravidade; muito grave
grei1) conjunto de paroquianos; congregação / 2) conjunto de súditos; vassalagem; "o monarca e a sua grei" / 3) rebanho de gado miúdo
gris (subst) / gris (adj)
(subst) cor tirante a cinza, intermediária entre o branco e preto / (adj) acinzentado, cinzento; "cor gris"; "terno gris"
grugulejarsoltar a voz (peru)
grumo1) grão bem pequeno; grânulo / 2) aglomeração de seres ou objetos muito pequenos
guampa1) chifre, corno / 2) copo ou qualquer vasilha para líquido feito de chifre
guanteluva de ferro que compunha as antigas armaduras
guenzo1) muito magro; raquítico / 2) inseguro, oscilante, troncho
guildaassociação medieval de pessoas com interesses comuns (mercadores; artesãos; artistas)
guinhol1) boneco sem fios animado pelos dedos do operador; marionete, fantoche / 2) teatro de fantoches
gungaberimbau
gurungumbaterreno muito acidentado, com subidas e descidas íngremes, quase intransitável
hacaneiacavalo de tamanho médio, manso e de trote gracioso, usado como montaria especialmente por mulheres ou atrelado a charretes
hadesReino de Hades, ou mundo inferior na mitologia grega, é a terra dos mortos, o local para onde a alma das pessoas se dirigiria após a morte
hagiologiaestudo sobre os santos
haicaipequeno poema japonês
hálux
dedão do pé
harpagãosovina, avarento
harpia1) na mitologia grega, monstro com cabeça de mulher, corpo de pássaro e garras muito afiadas / 2) mulher má; megera
héctica / héctico; hético
diminuição lenta e progressiva das forças ; tuberculose / tuberculoso, tísico
hemicrania
dor de cabeça, enxaqueca, cefaleia, cefalalgia
hemoptiseexpectoração de sangue proveniente dos pulmões, traqueia e brônquios, mais comumente observável na tuberculose pulmonar
hentaipornografia exibida em histórias em quadrinhos (mangás)
hesicasmo
processo de retiro interior com objetivo de obter um conhecimento experimental de Deus
hetera; hetairaprostituta de luxo, que se faz sustentar por clientes ricos; cortesã
hígidoque tem a saúde perfeita; sadio; saudável; "recém-nascido hígido"
himeneucasamento, núpcias, bodas
hissopeutensílio para aspergir água benta; aspersório
homiziaresquivar(se) à vigilância ou à ação da justiça; esconder, ocultar
horológiorelógio
hurimoça de grande beleza que, segundo o Alcorão, desposará no paraíso o crente muçulmano
hussardo1) cavaleiro húngaro / 2) soldado de cavalaria ligeira na França e Alemanha
iamologiaramo da medicina que se dedica ao estudo das propriedades químicas dos medicamentos em todos os seus aspectos; farmacologia
iludesignação genérica de atabaque
impertérritoque não tem medo; destemido, impávido
inçar1) povoar com muitos animais, especialmente insetos e parasitos / 2) alastrar, grassar, contaminar, contagiar
íncubo1) que está em posição deitada cobrindo alguma coisa; que se coloca por cima de alguma coisa / 2) diz-se de ave que choca ovos / 3) segundo a crença popular, diz-se de demônio que surge à noite para copular com uma mulher adormecida, causando-lhe pesadelos
ineludívelque não pode ser evitado; que não se pode esquivar; inevitável; "pedido ineludível"
infrenedesprovido de freio; desenfreado, imoderado
intemeratopuro, íntegro
inumar / inumaçãoenterrar, sepultar / enterro, sepultamento
jactanciar-sejactar-se
jacubarefresco ou pirão feito com água, farinha de mandioca e adoçado com mel, açúcar ou rapadura
jacular1) ejacular / 2) arremessar à distância, com força
jaculatóriooração curta, em frase única e em verso, geralmente de invocação a Deus
jejepovo que habita o Gana, Togo, Benin e regiões vizinhas, representado entre o contingente de escravos africanos trazidos para o Brasil
jerebacavalo ou muar ruim de montaria, magro e fraco; pangaré
jeribitaaguardente de cana; cachaça
jucundoalegre, feliz, agradável
juiz-de-foraantigo magistrado nomeado pela Coroa Portuguesa para atuar onde não havia juiz de direito
justana Idade Média, torneio em que dois cavaleiros armados de lanças, indo um na direção do outro, procuravam cada qual desmontar o oponente; combate medieval; torneio
labrego(subst) 1) homem do campo; camponês / 2) alcunha dado aos portugueses nos tempos coloniais // (adj) grosseiro, rude, ignorante
lacraulacraia, escorpião
ladravazgrande ladrão
lamarão1) grande lamaçal / 2) lagoa formada nas depressões do terreno pelas chuvas
langonha1) qualquer substância pegajosa / 2) esperma
lapadachicotada, pancada, lambada
lapianafaca de ponta
lasquinê, lansquenêjogo de cartas, semelhante ao trinta e um, posto em voga por esses soldados; lansquenete, lasca
latagãohomem novo, robusto e de grande estatura
latomia1) cantoria monótona de ladainha / 2) barulho, ruído
lavor1) ocupação, trabalho / 2) obra artística ou estética
lavradio (subst) / lavradio (adj)
1) (subst) lavoura; "terra de lavradio" // 2) (adj) arável; "terreno lavradio"
lazarento / lazareto / lázaro
leproso, morfético, lázaro / leprosário / leproso, morfético, lazarento
lazarina1) tipo de espingarda de pequeno calibre, de um cano só, usada pelo sertanejo nordestino para caçar passarinhos
leira1) sulco aberto na terra para receber semente ou muda / 2) pequeno campo em que se cultivam vegetais
lelêbolo de tabuleiro, feito com milho e leite de coco
lene / lenirsuave, macio, brando / aliviar, suavizar
leoneiracaverna de leões; jaula de leões
lériafala astuciosa que visa iludir, enganar outrem; lábia
lestorápido, apressado, ligeiro, ágil; "passos lestos"
letrearsoletrar, deletrear
liambamaconha
libação1) derramamento de um líquido como oferenda a uma divindade / 2) ato de tomar bebidas, especialmente alcoólicas, por prazer ou para se fazerem brindes
liçalocal cercado em torno dos castelos medievais destinado aos torneios, competições, combates / embate, luta / campo em que se travam disputas
linfa1) líquido orgânico incolor que circula nos vasos linfáticos e contém glóbulos brancos, esp. linfócitos / 2) água límpida (póetico)
linimento1) preparação oleosa empregada em fricções sobre a pele, com finalidades terapêuticas / 2) aquilo que torna calmo, que suaviza
litanialadainha
líticoreferente a pedra; "sitio lítico"
lôbrego1) escuro, sombrio; "lôbregos aposentos" / 2) lúgubre, apavorante, tétrico; "lôbregas cenas"
lobunoanimal (equino ou bovino) de coloração cinza-escura
lorpaidiota, imbecil, tolo, palerma
loureira1) mulher que provoca ou seduz / 2) prostituta, meretriz
louvaminhalouvor exagerado; adulação; bajulação
lucarnafresta na parede ou no telhado para clarear um cômodo; clarabóia
ludíbrioato ou efeito de ludibriar, enganar
lugrenavio mercante com dois ou três mastros
lúmpenindivíduo sem emprego, improdutivo, vadio
lundudesignação de várias canções populares inspiradas em ritmos africanos que foram introduzidas em Portugal e no Brasil a partir do século XVI
lunfardogíria característica das classes baixas de Buenos Aires, muito utilizada em tangos
luraburaco de coelho; toca
luscovesgo, estrábico, caolho, zarolho
lustrinatecido que é tratado para ter uma aparência lustrosa
lutier; luthier
profissional dedicado à fabricação e conserto de instrumentos musicais de corda, como violão, violino, etc.
lutulentocheio de lodo; lamacento, lodoso,
madapolão1) tecido encorpado de algodão, branco e liso / 2) tecido de algodão fino, o mesmo que morim
madeficar / madefatoumedecer, banhar / úmido, molhado
madrija, madrijotermo empregado por baleeiros para designar a fêmea adulta de uma baleia
magano, maganão1) trapaceiro, velhaco, malandro, ardiloso / 2) alegre, brincalhão, travesso,
magarefe1) açougueiro, carniceiro / 2) mau cirurgião
magoteajuntamento de pessoas ou de coisas; amontoado, montão
magrém1) magreza / 2) para os sertanejos, estação da seca
maiêutica1) método socrático que consiste na multiplicação de perguntas, induzindo o interlocutor na descoberta de suas próprias verdades e na conceituação geral de um objeto / 2) filosofia socrática
malacologiaestudo dos moluscos, das conchas
malgatigela ou prato fundo de louça para tomar sopa
malsinar1) desvirtuar, distorcer o sentido de; "malsinar palavras" / 2) desejar mal a; agourar, prever má sina
malinconiamelanconia
malta1) grupo de desordeiros ou vagabundos; bando, corja, súcia / 2) conjunto de pessoas de baixo nível social; escória, plebe, ralé
mandraca1) bruxaria, feitiçaria, mandinga / 2) beberagem empregada em feitiçaria
manducarcomer, mastigar; "quem não trabuca, não manduca"
manesalmas dos mortos (consideradas como divindades pelos antigos romanos)
mangaráponta terminal da inflorescência da bananeira
mangra / mangrar1) doença das plantas gramíneas / 2) orvalho que danifica os frutos // impedir que vinguem (plantas); não dar certo; malograr
manivamandioca, aipim (norte e nordeste)
manquejarmancar, manquitolar
mansardajanela disposta sobre o telhado de um edíficio para iluminar e ventilar
mansuetudemansidão
mantel; mantéu1) toalha de mesa ou de altar / 2) capa, manta, gealmente usada por mulheres
marafavida libertina, depravada, desregrada
marafona1) boneca de pano / 2) prostituta, meretriz
marasmódicosemelhante ao marasmo, que tem o caráter de marasmo
marçanoaprendiz, novato, principiante
marchante1) pessoa que compra gado e revende-o, abatido, a açougues; "marchante de gado" / 2) pessoa que sustenta uma concubina
margasolo de calcário e argila usado em olaria e como corretivo de terras agrícolas
marruá; marruástouro bravio, violento
marteloantiga medida de capacidade para líquidos, equivalente a 0,16 litro
massagadamistura de coisas diversas; miscelânea, mixórdia
massamordacomida mal preparada, malcozinhada
matacãopedaço de rocha; pedregulho
matalotagemprovisão de mantimentos e víveres, embarcados num navio para consumo da tripulação e dos passageiros
matracolejarsoar como matraca; fazer muito barulho
matungo1) cavalo de sela / 2) cavalo de má qualidade, que corre pouco
matusquelapessoa que não regula da cabeça; maluco, doido
mazombo1) filho de pais estrangeiros, sobretudo de portugueses, que nasce no Brasil / 2) sorumbático, taciturno, mal-humorado
mazorcatumulto, baderna, motim
meãoque está no meio, em posição intermediária; médio, mediano
meçasato, processo ou efeito de medir; medição
meda1) agrupamento de feixes de trigo, palha etc. dispostos numa forma cônica / 2) agrupamento de coisas da mesma espécie; amontoado, feixe, montão; "meda de papéis"
medianeiromediador
medicastroindivíduo que exerce a profissão de médico sem ser diplomado; charlatão, curandeiro
mefistofélicopróprio de Mefistófeles (personagem satânico da Idade Média); diabólico, satânico; "pacto mefistofélico"
mefíticonocivo à saúde, tóxico, pestilento, fétido, desagradável (diz-se de ar, gás, vapor); "do pântano exalava um vapor mefítico"
meirinhoantigo funcionário do poder judiciário; oficial de justiça
mela1) bebedeira, pileque / 2) suura, coça, sova
melopeia1) peça de música ou toada musical que serve de acompanhamento a um recitativo / 2) canto monótono e melancólico
memorabilia1) conjunto de objetos ou acontecimentos memoráveis / 2) objetos associados a pessoas famosas ou eventos importantes, considerados dignos de memória e que se tornam itens de colecionadores
mendazmentiroso, falso
mensonhamentira
mercancia1) ato de negociar; comércio, negócio / 2) mercadoria
messalinamulher libertina; meretriz
mexerufada1) comida de suíno; lavagem / 2) mistura confusa, desordenada, de seres ou coisas; confusão, mixórdia
mezenatipo de vela de navio
minazameaçador, intimidante; "olhar minaz"
miríficoadmirável, excelente, maravilhoso, magnífico
mistela1) bebida composta de vinho, água, açúcar e canela / 2) comida ou bebida malfeita
mitomania / mitômanotendência compulsiva para mentir / mentiroso
miuçagado caprino e ovino
pedra de moinho
moageiromoleiro
moenteque mói; moedor
mofino1) infeliz, triste, desafortunado, desditoso / 2) em que há má sorte, infortúnio, desdita; "destino mofino"
moitallugar onde há moitas; moitedo
molúria1) estado de moleza; inércia / 2) orvalho copioso, que umedece e amolece a terra; relento
monacalrelativo a monge ou vida num mosteiro; monástico
monarca (adj)antigo, antiquado, fora de moda
monásticorelativo a monge ou vida num mosteiro; monacal
mondrongo1) indivíduo disforme, monstrengo / 2) indivíduo mal vestido, de aparência deselegante, desagradável
mongoabreviatura de mongoloide; bobo, apalermado
monte-de-socorro
estabelecimento que empresta dinheiro a juros sob penhor; casa de penhor, prego
monteiro1) indivíduo que caça nos montes / 2) guarda de mata; couteiro
montravitrine de casa comercial
moquém / moqueargrelha de paus sobre o lume usada para colocar peixe ou carne para assar ou secar / assar (carne ou peixe) no moquém
mormaior, principal / por mor de = com objetivo de; a fim de = pra mode..)
morgado; morgados1) conjunto de bens inalienáveis e indivisíveis que, em função do falecimento de quem os possuía, eram herdados pelo filho primogênito / 2) filho mais velho; filho único
morigerar / morigerado
moderar os costumes; ensinar bons costumes; "é preciso morigerar a mocidade" / moderado no modo de viver
mortório1) enterro, sepultamento / 2) falecimento, morte, óbito
moscarfugir, sumir
moscardomosca grande, mutuca
mosquear / mosqueado1) cobrir-se de pintas; manchar, sarapintar / 2) afugentar moscas com a cauda (falando de animais) // que tem pintas ou pequenas manchas escuras, semelhantes a moscas; sarapintado "pele mosqueada"
motetocomposição musical religiosa
mujiquecamponês russo
mulátítulo dos líderes religiosos de mesquitas islâmicas
mungirordenhar
munificente / munificênciaque denota generosidade; magnânimo, dadivoso / generosidade, liberalidade, prodigalidade
munzuácesto comprido, afunilado, feito de taquara ou de bambu, us. para capturar peixes, lagostas etc.
mussitarmover os lábios, sem articular palavras; ciciar
muxarabiêbalcão ou varanda de estilo mourisco resguardado por grades de madeira de onde se pode ver sem ser visto
nascituroaquele que vai nascer
nastro1) fita estreita usada para atar; cadarço / 2) fita estreita para prender os cabelos
natentoque tem fertilidade; fecundo
negaça1) artifício para iludir ou seduzir; ardil, logro
nímioque existe em abundância, em excesso
nonadanada, ninharia, insignificância, coisa sem importância
noruega1) terra úmida e sombria que recebe pouco sol; "tem uma noruega lá atrás, cheia de samambaia e parasita roxa" / 2) vento forte e frio
novelnovo, jovem, principiante, iniciante
novidadeiroquem gosta de contar novidades; fofoqueiro
nutomovimento de cabeça em sinal de consentimento, assentimento
obdurar1) tornar(-se) endurecido, empedernido / 2) tornar(-se) insensível a apelos, persuasões
objurgar / objurgaçãocensurar, repreender / censura, repreensão
oblação; oblataoferta, oferenda,
oblatoleigo que se oferece para servir em uma ordem religiosa; "irmão oblato"
oblívioesquecimento
obnubilartornar obscuro, escurecer, obscurecer; "nuvens cinzentas obnubilaram o sol"
obumbrarescurecer, obscurecer, sombrear
onustomuito cheio, sobrecarregado, repleto
onze-letrasintermediário de amores; alcoviteiro
orago1) santo a quem se dedica um templo ou uma capela; padroeiro / 2) presságio, oráculo
orografiaestudo das montanhas
ossamenta; ossamentoesqueleto, ossada
otomanaespécie de sofá baixo e grande, onde cabem várias pessoas sentadas ao mesmo tempo
ovanteque recebe ovação; triunfante, vitorioso
ovençaentre os cônegos, cargo daquele que cuida da despensa e da alimentação
oxímorofigura em que se combinam palavras de sentido oposto que parecem excluir-se mutuamente, mas que, no contexto, reforçam a expressão (p.ex.: obscura claridade, música silenciosa); paradoxismo
pabulagem1) presunção, empáfia / 2) fanfarrice, bravata
pacholavaidoso, orgulhoso, presunçoso, gabola
pacotilhaquantidade de gêneros e bens pessoais que cada passageiro de um navio podia levar livre de frete
pacóviobobo, ingênuo, simplório, tolo
palafrém / palafreneiro1) cavalo em que os soberanos e nobres desfilavam na Idade Média / 2) cavalo elegante e bem adestrado destinado às senhoras // pessoa que cuidava do palafrém; cavalariço
palancafortificação militar feita de estacas cobertas de terra
palanquimliteira usada em alguns países orientais, na qual as pessoas mais ricas se fazem transportar aos ombros de seus servos
palmeirimperegrino, forasteiro
palra palavra ou troca de palavras; conversação
pancráciosimplório, tolo, idiota, pateta
pandegarviver em pândegas
panejartremular; agitar(-se)
pantafaçudo1) bochechudo / 2) estranho, excêntrico, grotesco
parabélumpistola automática de grande calibre, originalmente fabricada na Alemanha / obs.: se vis pacem, para bellum
paradearconversar à toa; contar mentiras
pardavascoamulatado, mestiço
parenéticaeloquência religiosa, sagrada
parlapatãopessoa que gosta de contar vantagens ou de mentir para se promover
partejardar à luz; parir
pascácioindivíduo muito simplório; bobo, tolo, pateta, parvo, lorpa
pascerpastar, fazer o gado pastar; "os bezerros pasceram a grama"
pascigopasto
passamanes / passamanariagalões, fitas, borlas, franjas ou enfeites similares, tecidos ou entretecidos de fios de ouro, prata, seda, usado como adorno ou acabamento de roupas, cortinas, estofados, etc / trabalho feito com passamanes
passarinhar1) caçar pássaros / 2) levar vida ociosa; vadiar, vagabundear
patacoada1) bobagem, tolice, disparate / 2) mentira, lorota
patear1) bater com os pés ou patas / 2) bater com os pés no chão, em sinal de protesto ou desagrado
patola1) pata de caranguejos e siris / 2) mão
patranhahistória mentirosa; narrativa fantasiosa; mentira
patuleiaclasse social baixa; plebe, povo, ralé
peanhapequeno pedestal onde se colocam imagem, estátua, cruz, busto etc.
pebasem importância; reles, ordinário
pecotolo, idiota, estúpido
pedâneoantigo juiz que julgava de pé
pedernalrelativo a pedra; pétreo
pederneirapedra que, em atrito com o metal, produz faísca; pedra de fogo
pedilúviobanho dos pés com fins terapêuticos
peditóriopedido feito a muitas pessoas, para obra de caridade ou filantropia; subscrição caridosa
pedral1) relativo a pedra / 2) monte de pedras que dificultam a navegação; pedraria
peganhentapegajoso
peita1) gratificação ilegal em dinheiro ou presente dado como suborno / 2) crime de corrupção passiva daquele que a recebe
peitica1) gracejo repetido e de mau gosto / 2) pessoa que perturba, que incomoda
pelágicomarinho, oceânico; "aves pelágicas"
pelearlutar, combater, pelejar
pelintra1) quem é pobre ou mal-ajambrado mas pretende fazer boa figura; quem não tem nada mas quer se mostrar / 2) sem-vergonha, descarado
penate1) na Roma Antiga, deuses do lar / 2) casa paterna; lar, família
peniqueiracaixa ou mesa de cabeceira onde se guarda penico
pentélicomármore do Monte Pentélico (Grécia)
peralvilhoindividuo afetado que se veste com excessivo esmero; almofadinha, janota
perau1) declive que dá para um rio / 2) depressão, cova ou buraco que surge subitamente no leito de um rio, lago ou na praia
perfilhar1) reconhecer legalmente como filho; adotar / 2) abraçar, adotar, defender (ideia, teoria etc.).
perigalhopele do queixo ou do pescoço quando começa a se tornar flácida e a descair, por magreza ou envelhecimento
perlar / perlado
dar formato ou aparência de pérola a / que apresenta forma ou aspecto de pérola
perlongar1) ir ou estender-se ao longo de; costear / 2) mover-se paralelamente a
perlustrarpercorrer com o olhar, observando, examinando; "perlustrou toda a linha do horizonte"
perneira1) calça de couro bem ajustada ao corpo, usada por vaqueiros / 2) variedade de bota usada por soldados e habitantes do interior e do sertão
perropessoa de má índole; canalha, patife
pérvioem que se pode transitar, que dá passagem; "bosque fechado, mas pérvio"
pessáriodispositivo introduzido na vagina para impedir a entrada de espermatozoides; anticoncepcional
petrópolisbastão grosso, outrora us. por agentes da polícia
pícaroesperto, sagaz, astuto, ardiloso
pichelvasilha que se usava para retirar vinho dos tonéis ou para bebê-lo
piculabrincadeira infantil semelhante ao pega-pega; pique
pingalimaçoite, azorrague, chicote, chibata, flagelo, látego, relho, vergasta, vergalho
pintalegrete1) janota / 2) vaidoso, pedante
pirangueiroreles, desprezível
pitança1) comida, alimento / 2) mesada, pensão / 3) esmola de missa
pitomboinchaço, calombo
pitosga1) que enxerga precariamente; que vê mal / 2) pessoa que vive piscando os olhos
poial1) lugar onde se assenta ou coloca alguma coisa / 2) assento de madeira, pedra etc. unido à parede ou a muro de entrada de uma casa
poldrocavalo novo; potro
polímatoindivíduo que estuda ou que conhece muitas ciências; polígrafo
poltrãomedroso, covarde, pusilânime; "era um grandessíssimo poltrão"
pomapeito de mulher
pomologiaestudo das árvores frutíferas
porciúnculaporção minúscula de algo
porongocuia, cabaça
porrãopote de barro bojudo, com a boca e o fundo mais estreitos
portulano1) carta náutica, surgida na Idade Média, que descreve portos marítimos e costas / 2) livro com mapas e instruções náuticas
postilhãocondutor de carruagem que fazia o transporte de correspondência e passageiros; mensageiro
póvoapovoado, vilarejo
prebenda1) renda da igreja / 2) ocupação rendosa e de pouco trabalho; sinecura
preboste1) antigo magistrado de justiça militar / 2) juiz civil ou militar na antiga magistratura francesa
pregoeiroaquele que apregoa; que proclama; anunciador, propagandista
prestante1) que presta; que tem serventia / 2) que gosta de ajudar; prestativo
pretor1) magistrado que administrava a justiça, na antiga Roma / 2) magistrado de alçada inferior à de juiz de direito
proêmio
prefácio, exórdio, início (discurso, livro, etc)
progênie
conjunto de descendentes; descendência, prole
prognose
prognóstico
proxeneta
puãespécie de siri
pubamassa de mandioca fermentada
puçangaremédio caseiro; mezinha
pugilopequena quantidade de (qualquer coisa); punhado
puníceo1) relativo a Cartago; cartaginês, púnico / 2) de cor vermelha brilhante; escarlate, purpúreo; "as puníceas rosas"; "puníceos lábios"
pustemaferida, machucado
puxavãopuxão violento; tranco
quartilhounidade de capacidade para líquidos correspondente a cerca de 0,665 litro ou, atualmente, a meio litro, no Norte de Portugal
queimor; queimosabor picante; ardência, requeime; "o queimor da pimenta"
querimôniaquerela, queixa em juízo
quicéfaca desgastada e inútil, às vezes com a lâmina partida ou sem cabo; caxirenguengue
quipoconjunto de cordões de cores variadas, com nós, usado pelos índios peruanos para fazer cálculos e transmitir mensagens
quizila; quizíliainimizade, briga, rixa, antipatia
râncido / rancidez
rançoso / qualidade ou estado do que se tornou rançoso
rasouratrecho raso de rio ou lagoa
rastaquera1) pessoa que faz questão de ostentar riqueza; novo-rico / 2) rude, ignorante
rasteloancinho
raticecoisa engraçada; excentricidade
rebarbativo1) diz-se do indivíduo que apresenta papada e por isso parece ter duas barbas ou queixos / 2) rude, carrancudo, antipático; "fisionomia rebarbativa" / 3 enfadonho, desagradável, árido; "linguagem rebarbativa"
rebentinaataque repentino de ira, de fúria
rebojomovimento de rotação em espiral causado por queda de cachoeira; remoinho
rebuço1) véu para cobrir o rosto / 2) disfarce, fingimento, dissimulação; "disse a verdade sem rebuço"
rébuspassatempo que consiste em adivinhar palavras ou frases representadas por meio de desenhos ou sinais que tem analogia com o que se quer expressar; logogrifo; carta enigmática
recamo / recamarbordado em relevo sobre tecido / pôr recamo em; ornar com bordado; enfeitar, ornamentar
rechinar1) assar, queimar no fogo / 2) produzir som semelhante ao da carne que assa na brasa
récuatropa de bestas de carga
redingotecasaco comprido; casaco para cavalgar
reflevariedade de espingarda curta, assemelhada ao bacamarte
refocilarreforçar, restaurar, refazer, revigorar
regougar1) soltar a voz (a raposa, o gambá, certas aves) / 2) falar em tom áspero e gutural, semelhante ao gritar da raposa; resmungar
reima; reumalíquido escuro que escorre das azeitonas espremidas; almofeira
reimosoque faz mal à saúde
reinolrelativo a ou próprio do reino; indivíduo natural do reino
reiuno1) fornecido pelo Estado, especialmente pelo exército, para uso dos soldados; "botas reiunas" / 2) de baixa qualidade ou condição; ordinário, ruim
relambórioque não tem graça ou interesse; insípido
remancho / remancharlentidão, pachorra // 1) tardar em fazer alguma coisa; demorar-se / 2) fazer algo com lentidão
remendão1) aquele que faz remendos / 2) sapateiro que conserta sapatos
rêmige; remígiocada uma das grandes penas das asas das aves
reminhol; rominholgrande colher de cobre com cabo de madeira para mexer o açúcar nos engenhos; rominhol
remocar / remoquecensurar com remoque, com zombaria / zombaria, chacota
remoquedito engraçado; zombaria, caçoada
rengoque manqueja de uma perna (diz-se de cavalo); coxo
renuirrecusar, rejeitar, não querer
repoltrear, repotrearsentar-se ou recostar-se confortavelmente; refestelar-se
repontar1) recomeçar a aparecer / 2) começar a surgir / 3) amanhecer, raiar
reprochecensura, admoestação
requeimesabor picante; ardência, queimo, queimor; "o requeime da pimenta"
resmonearresmungar
resplenderresplandecer
responso1) série de palavras cantadas ou proferidas em rituais da Igreja católica pelo coro e/ou por um solista / 2) oração que se dirige a Santo Antônio para recuperar objetos desaparecidos / 3) reprimenda, descompostura
ressaibo1) sabor ruim; ranço / 2) indício, sinal, vestígio; "não deixou nenhum ressaibo de descontentamento"
ressumar, ressumbrardeixar sair ou cair (líquido) em pouca quantidade ou gota a gota; gotejar, destilar
restiloaguardente, cachaça
retretecompartimento fechado, dotado de vaso sanitário ou de escavação no solo para dejeções; latrina, retreta
retumborepercussão grave, profunda de um som
revérberoreflexo luminoso ou calorífico
reviscerardar novo ânimo; reconstruir para melhor; refazer
rezingar / rezinga1) resmungar; "não gostou da comida e começou a rezingar" / 2) discutir, altercar; "com fome, todos rezingam, e ninguém tem razão" // 1) ação de rezingar; discussão, altercação
ria1) pequeno braço do mar / 2) foz, embocadura, local onde um rio desagua no mar
riço1) tecido aveludado de lã / 2) porção de cabelos ou pasta enovelada de cabelo ou lã, sobre a qual as mulheres elevam ou assentam o penteado
rilhar1) comer roendo / 2) produzir rangido com os dentes; ranger, ringir, trincar / 3) pensar ou refletir muito, remoer mentalmente; ruminar
rimancelingua intermediária entre o latim vulgar e a língua neo-latina dele derivada
ringirproduzir ruído áspero; ranger os dentes
roazque consome, destrói; destruidor, devastador; "incêndio roaz"
roçagarroçar, tocar levemente; arrastar pelo chão; "o vestido ia roçagando escada acima"
rocalsólido como pedra; muito duro
rocalhacontas de vidro para fazer rosários, colares, etc
rolete1) pequeno rolo / 2) parte compreendida entre dois nós consecutivos do caule de cana
roscoferelógio barato, de má qualidade
rosnidosom gutural como do cão ou lobo; ato de rosnar, rosnadela
ruflar / ruflo1) balançar (as asas) para erguer-se em voo / 2) fazer tremular; agitar; "o vento faz ruflar as bandeiras" // ação ou efeito de ruflar
sabençasabedoria, saber, erudição
sacholapequena enxada de boca larga; sacho
safardanasafado, salafrário, canalha, pulha
safrejar
explorar um engenho, plantando, colhendo e fabricando açúcar e aguardente
salazque leva vida dissoluta; devasso, libertino, lascivo
saloiocamponês das cercanias de Lisboa; aldeão
salpreso / salpresarconservado em sal (diz-se de carne, esp. de porco) / salgar levemente, apenas para evitar a putrefação
salso / salsugemsalgado (diz-se esp. da água do mar) / 1) qualidade do que é salso, salgado / 2) restos, detritos que flutuam à tona da água do mar, nos portos, praias etc
sanefa1) cortina de janela; cortinado / 2) cortina de tecido usada para resguardar do vento, da chuva e do sol certas partes da embarcação
santimônia1) modo ou aparência de santo / 2) excesso de devoção religiosa (irônico)
sarambu; sarambequedança de origem africana, semelhante ao caxambu
sarapantadoatrapalhado, atordoado
sariguêgambá
sarilhobriga, confusão, rolo
sarrabulhoiguaria portuguesa feita à base de sangue e miúdos de porco
sazonado1) pronto para ser colhido e/ou comido; maduro / 2) avaliado com cuidado; pensado, refletido
secreta1) oração dita em voz baixa pelo padre, antes do prefácio da missa / 2) agente polícia secreta
selha1) vaso ou balde de madeira / 2) recipiente usado para dar comida ou água aos animais, especialmente aos porcos
sempiternoinfinito. eterno, perene, perpétuo
sencienteque sente ou tem sensações
senectudevelhice, senilidade, senescência
senescência1) velhice, senilidade, senectude / 2) processo de envelhecimento
sensabor / sensaboriasem sabor; insípido / 1) característica do que é sensabor; insipidez / 2) conversa enfadonha; escrito monótono
sentina1) parte inferior do navio onde a água se acumula / 2) lugar onde se ajuntam imundícies e podridões; vaso sanitário; latrina, cloaca / 3) pessoa cheia de vícios
serafina1) tecido de lã próprio para forros e entreforros / 2) órgão de igreja
serôdiofora do tempo; tardio, temporão, extemporâneo
serralho1) harém / 2) bordel, prostíbulo, lupanar
serrazinarincomodar os outros com pedidos ou insistindo na mesma coisa; estar constantemente a falar no mesmo assunto
sesquipedal1) que tem um pé e meio de comprimento / 2) muito extenso (diz-se de palavra, verso) / 3) muito grande; fora do comum; enorme; "uma ansneira sesquipedal"
sestroso1) que tem sestro; manhoso; "cavalo sestroso" / 2) esperto, vivo, malandro, sagaz
setemesinhodiz-se de criança nascida ao completar apenas sete meses de vida intrauterina
setênfluo; septênfluoque deriva de sete fontes; que flui ou deságua por sete bocas
sevandija1) denominação comum a todos os insetos parasitas ou vermes / 2) pessoa que vive à custa alheia; parasita
sianinha; sinhaninhafita de tecido ondulada usada principalmente em roupas juninas
sibarita1) referente à antiga cidade grega de Síbaris / 2) pessoa dada à ociosidade, luxo e prazeres sexuais
sibila / sibilinoprofetisa, bruxa, feiticeira / difícil de entender; obscuro, enigmático
sicárioassassino pago; malfeitor, facínora
sicofanta1) delator, caluniador, difamador, mentiroso / 2) denunciante de quem roubasse figos, entre os antigos gregos
silogeucasa onde se reúnem associações literárias ou científicas
simonte, somontediz-se de tabaco da primeira folha, inferior, usado geralmente como rapé.
sinapismopapa medicamentosa, feita de pó de mostarda
sinceloespécie de estalactite de gelo
sinédrioantigo tribunal judaico
sipaiosoldado indiano que servia no exército inglês
sobporcolocar debaixo de; menosprezar, depreciar
sobrecartaenvelope; sobrescrito
socalcarcalcar bem; comprimir com força; amassar
socalcoárea plana disposta em terreno elevado, à maneira de degraus / porção mais ou menos plana de terreno numa encosta;
socavão1) gruta, grota, furna / 2) lugar isolado, ermo; biboca
socolorsocolor de = com o pretexto de; sob cor de; "ajudava-o por interesse próprio, socolor de solidariedade"
soez1) de pouco valor; reles, ordinário, desprezível / 2) grosseiro, ignorante
solerte / solércia1) esperto, astuto, sagaz / 2) ardiloso, velhaco // 1) esperteza, astúcia, sagacidade / 2) velhacaria
solevarlevantar(-se) um pouco; soerguer(-se); "o doente solevantou-se um pouco na cama"
sólioassento do rei; trono
solitudesolidão
somíticoegoista, sovina, avarento
sopearembaraçar os movimentos de; sofrear, deter, conter
sopitar1) fazer adormecer; "o cansaço sopitou a sentinela" / 2) abrandar, acalmar, enfraquecer; "sopitar os rancores"
sorna1) lentidão, lerdeza, pachorra, preguiça / 2) soneca
sorrelfadissimulação silenciosa para ocultar os verdadeiros sentimentos e intenções / à sorrelfa = sorrateiramente, dissimuladamente; à socapa
sotainabatina de padre; hábito
souto1) mata, bosque / 2) castanhal
sovelainstrumento com que os sapateiros e correeiros furam o couro para costurar
subitâneo
que chega de repente; súbito
sumacapequena embarcação de dois mastros
sumetume
respiradouro por onde foge a paca quando acuada
sumíticoegoista, sovina, avarento
supeditartrazer ou enviar algo para alguém; fornecer
surrãobolsa ou sacola de couro para levar mantimentos; embornal
surriadaalarido, vaia, apupo
surumbambabriga que envolve várias pessoas; confusão, rolo
sutachetrança de seda, lã ou algodão com que se adornam peças de vestuário (vestidos, chapéus, uniformes militares etc.)
tabardoantigo capote com capuz e mangas compridas
tabiqueparede fina que separa cômodos; taipa
tabocataquara, vara de bambu
taful / tafularia1) jogador por ofício ou por hábito / 2) quem conhece bem seu ofício / 3) quem se veste com exagero; janota / 4) alegre, jovial, festivo // 1) comportamento próprio de taful / 2) elegância excessiva no trajar
talabartecorreia usada a tiracolo para prender a arma; boldrié
tálamo1) leito conjugal / 2) núpcias, bodas
talarque alcança os calcanhares (falando de vestuários); "a batina é uma veste talar"
talhaduraação ou efeito de talhar
talisca1) pequena lasca; estilha / 2) fenda, greta, frincha
taminacuia em que era distribuída farinha de mandioca aos escravos; ração diária de farinha de mandioca dos escravos
tangerinotangedor de animais; tocador
tapada
aréa de mata protegida em que se cria caça; qualquer terreno cercado
taralharpalrar, lembrando aves em bandos; tagarelar, garrular
tarecoobjeto de menor valor; cacareco, tralha (mais us. no pl.)
tarefa1) porção de cana moída em um dia de trabalho / 2) medida agrária na Bahia, Sergipe, Alagoas e Ceará
tartamudo / tartamudeargago, tatibitate / gaguejar
tartarearsoltar a voz (ave ou criança); chalrar, tagarelar
tartufo / tartuficefingido, hipócrita / dissimulação, hipocrisia
tassalhogrande fatia; naco
tataranharter dificuldade em realizar ou falar (algo); hesitar, titubear, tartamudear
tavanêsindivíduo sem juízo; doidivanas, impetuoso, trêfego
tendal; estendal1) armação onde se coloca a carne, peixe ou produtos agrícolas para secar / 2) conjunto de varas onde se estendem as redes para secar
/ 3) lugar onde se estende a roupa lavada para secar; varal
tenênciateimosia, obstinação / cuidado, cautela / força, vigor
terebrantediz-se de dor muito forte e profunda que produz a sensação de perfuração
teriaga; triaga1) medicamento caseiro, panaceia / 2) coisa muito amarga, aflitiva ou que causa desprazer
teurgia1) ciência do maravilhoso; arte de fazer milagres; magia / 2) cura das doenças por suposta intervenção sobrenatural
timoratotemeroso, medroso, receoso, tímido
tintinábulocampainha, sineta
tirana1) dança de roda / 2) cantiga de amor / 3) canção durante o trabalho (lavadeiras, canoeiros, roceiros)
titilar1) fazer cócegas ligeiras ou prurido em / 2) fazer afagos a; lisonjear
toleimatolice, estultícia
torvo1) que provoca terror; assustador, terrível; "sinal torvo" / 2) sombrio, escuro; "nuvens torvas"
touçaconjunto denso de plantas; moita
toutiçocabeça, nuca
trabucar 1) atirar com trabuco // 2) trabalhar com muita disposição; lidar, labutar; "quem não trabuca, não manduca"
tramontana1) vento que sopra do norte norte / 2) rumo, direção
trancosohistória de trancoso = conto infantil; fábula, lenda
tranquibérniaato ou negócio de má-fé; fraude, trapaça
transfixarvarar de lado a lado; perfurar, transpassar
transmudar; transmutar1) fazer mudar de posse ou de domínio; passar, transmitir / 2) transferir, mudar
trapejar1) tremular (um pano) sob a força do vento; trapear / 2) produzir som seco e rápido; estalar
traquetevela grande e redonda do mastro da proa
traquitana1) carruagem de quatro rodas, para duas pessoas, com cortina na parte da frente / 2) carro velho, calhambeque / 3) objeto, geralmente grande, que causa estorvo
trastejar1) ganhar a vida negociando trastes ou coisas pouco valiosas / 2) cuidar de móveis e utensílios da casa / 3) vagar de um lado para outro / 4) agir mal; sair da linha; "é homem sério; não trasteja, não senhor"
trautear1) cantar baixo, para si mesmo; cantarolar / 2) aborrecer, apoquentar
treiçãotraição
trelacorreia com que se prendem cães, especialmente os de caça:
tremelicartremer em consequência de frio, susto ou medo; tiritar
trépano / trepanarinstrumento cirúrgico para perfuração de ossos / perfurar osso com trépano
trescalanteque exala forte odor
tresvariarpraticar desvarios, desatinos; desatinar
trica1) ardil, trapaça, tramoia / 2) coisa sem importância; insignificância, ninharia
trinchantefaca grande usada para trinchar a carne
trinchetefaca de ponta fina e relativamente curva, usada por sapateiro
tripeçaassento de três pés, geralmente baixo e arredondado
trom1) canhão / 2) estrondo de canhão; grande ruído
trompaçopancada, empurrão, safanão
trouxe-mouxea trouxe-mouxe = de maneira atabalhoada, sem ordem
tugúriohabitação pequena e pobre; choupana, choça, casebre
uchariadespensa onde eram guardados os alimentos nos castelos e palácios
ufanoque se jacta de altos méritos e conquistas; fanfarrão, gabola
ulanosoldado lanceiro de cavalaria dos exércitos mongólicos e tártaros que, a partir do século XVI, foi adotado pelos antigos exércitos de alguns países europeus (Áustria, Polonia, Prussia, Hungria)
ulolamento, gemido, grito de sofrimento; "ulos das corujas"
umbela1) guarda-chuva / 2) qualquer objeto ou estrutura em forma de guarda-chuva
uranista / uranismohomossexual / homossexualidade
urcaembarcação a vela com dois mastros usada pelos holandeses para transporte de carga
urupêorelha-de-pau (espécie de cogumelo)
urupema1) tecido de palha de cana brava ou uruba que serve para peneirar a farinha de mandioca / 2) trançado de fibra vegetal, us. para encosto de cadeira
utenteaquele que usa, desfruta ou serve de algo; usuário, utilizador
vade-mécum; vademeco
livro de uso muito frequente, que o usuário costuma carregar consigo; manual de consulta frequente
valvale
valdevinos1) indivíduo vadio, vagabundo, malandro / 2) indivíduo amalucado, doidivanas
varejar1) bater com vara em; sacudir com vara; "varejar ávores frutíferas" / 2) atingir ou bater com força em; fustigar; "as ondas varejam o casco do navio"
vascolejar1) agitar um líquido contido num vaso ou outro recipiente qualquer / 2) agitar, remexer, sacolejar
vasconço1) língua basca / 2) linguagem confusa, ininteligível
veador1) caçador nos montes; monteiro / 2) antigo camarista da rainha
velívolo(adj) diz-se de um navio quando veleja tão rápido que parece voar
venatóriorelativo à caça
vermina1) vermes / 2) o que corrói ou destrói paulatinamente
verrina1) cada um dos discursos de Cícero (106-43 a.C), político e um dos maiores oradores romanos, contra Caio Verres (c.119 a.C.-43 a.C.), procônsul romano / 2) crítica ou reprimenda violenta, ger. feita por escrito e depois pronunciada em discurso
versúciaastúcia, sagacidade, manha
vexilologia
estudo das bandeiras, estandartes e insígnias e das suas simbologias, usos e convenções
vezocostume, hábito, rotina
viajorviajante, viandante
viandaqualquer carne que sirva para alimento / comer de vianda = comer de marmita (RS)
viandar / viandanteviajar; peregrinar / viajante; peregrino
viáticocomunhão prestada em casa aos doentes impossibilitados de se deslocar
vindita
desagravo, desforra, vingança
virago
mulher de aspecto, inclinações sexuais e hábitos masculinos; paraíba
visagem1) cara ou cabeça que ornam chafarizes, frontais de igrejas etc.; carranca / 2) assombração, fantasma
vissungomúsica praticada por escravos africanos na região das minas de ouro e diamantes em Minas Gerais
vitalinamulher solteirona
vitualhasgêneros alimentícios; mantimentos, provisões, víveres
vituperardirigir vitupérios a; agredir por meio de palavras; insultar
vivandeiroindivíduo que leva víveres para vender às feiras e tropas militares
volutaornato em forma de espiral que se faz no alto das colunas, no arremate dos corrimãos etc
vulneráriomedicamento que se usa no tratamento de feridas ou contusões
vulturinorelativo ou semelhante a abutre; "vi uma enorme ave vulturina"
vuvuzelacorneta usada por torcedores da África do Sul em jogos de futebol
x.p.t.o.1) sigla empregada para significar excelência ou primor de alguma coisa; "um quadro x.p.t.o."; "um vestido x.p.t.o." / 2) leitura errada da abreviatura grega do nome de Cristo em antigos manuscritos; XRISTO
zangarreartocar (instrumento de corda, esp. viola ou similar) de maneira desafinada, sem arte, monótona
zelote1) membro de uma seita fanática que durante a grande rebelião e o sítio de Jerusalém combatia, não só a dominação romana, mas também os outros partidos judeus / 2) partidário fanático
zimbóriocúpula, domo
ziziar / zizioemitir (inseto, p.ex., cigarra, gafanhoto) seu ruído característico / ruído, o canto de insetos, esp. de cigarra
zorôensopado de camarões e quiabos feito com coentro, sal, cebola e azeite de dendê
zuartetecido de algodão, encorpado e tosco
zuavosoldado argelino de infantaria a serviço da França no séc. XIX
zumboruído confuso; zumbido
zupardar marradas, chifradas ou cabeçadas em; bater, sovar