Nome mais comumOutros nomesFamíliaNome científico (Gênero / espécie)Nome em inglêsOrigem / LocalizaçãoObs.
absintolosna, sintroAsteraceaeArtemisia absinthiumabsinthium; wormwoodEuropa; Ásiaplanta medicinal também utilizada na fabricação da bebida chamada "absinto"
açafrão-do-pradoColchicaceaeColchicum autumnaleautumn-crocus; meadow-safron; naked ladiesGrã-Bretanha e Irlandaplanta medicinal
agnocastoagno-casto; alecrim-de-angola; árvore-da-castidade; liamba; pimenta-de-mongeLamiaceaeVitex agnus-castuschaste tree; monk's pepperMediterrâneoplanta medicinal / desde a Antiguidade era tida como uma planta antiafrodisíaca capaz de reduzir os desejos sexuais, sendo usada por monges medievais para preservar seus votos de castidade
aguapépríncipe-d'água; jacinto-d'água; gigoga; rainha-do-lagoPotenderiaceaeEichhornia crassipescommon water hyacynthRegião Amazônicaplanta aquática de flores de cor lilás a violeta muito cultivadas para purificação de água
alfafaluzernaFabaceaeMedicago sativaalfalfa; lucerne; lucerne grassÁsia (Turquia; Cáucaso)planta forrageira (alimentação do gado)
algodãoMalvaceaeGossypium spp.cottonplanta têxtil conhecida desde tempos pré-históricos / algodão já era conhecido e utilizado desde c. 4.000 a.C. na África, Arábia, Índia e América (civilizações pré-colombianas)
amendoim-forrageiroFabaceaeArachis pintoipinto peanutBrasil (cerrado)planta forrageira (alimentação do gado)
anileiraFabaceaeIndigofera tinctoriatrue indigosul da Ásiaplanta que fornece o anil, um corante azul brilhante
ararutaMarantaceaeMaranta arundinaceaarrowrootAm. do Sulplanta de cujo rizoma (caule subterrâneo) se obtém uma farinha que, antigamente, era muito utilizada para fazer bolos, biscoitos, mingaus, etc
arnicaAsteraceaeArnica spp.arnicaplanta medicinal
arrudaRutaceaeRuta graveolenscommon rue; herb-of-graceEuropa (Bálcãs)planta medicinal / na crença popular, a arruda é capaz de espantar maus-espíritos
artemísiaflor-de-são-joão; erva-de-são-joãoAsteraceaeArtemisia vulgarismugwort; common wormwwodplanta medicinal
arumãguarimã; bananeirinha-do-matoMarantaceaeIschnosiphon ovatusRegião Amazônicaplanta herbácea que cresce em lugares alagados; suas fibras são muito utilizadas por etnias indígenas da Região Amazônica para confecção de artesanatos trançados tais como cestas, balaios, peneiras, etc
assa-fétidaApiaceaeFerula assafoetidadevil's dung; hing (sânscrito)Ásia (Irã, Afeganistão, Índia)planta medicinal também usada como condimento em alguns países da Ásia / exala um cheiro sulfuroso muito forte / mesmo gênero do "sílfio", valiosíssima planta da Antiguidade encontrada no norte da África (Cirene, colônia grega na atual Líbia) e hoje extinta
assa-peixeAsteraceaeVernonia polysphaeraBrasilplanta medicinal / o mel de abelha extraído desta planta é muito apreciado
astrágaloervilhaca-de-leite; huang qi (chinês)FabaceaeAstragalus propinquus (ou Astragalus membranaceus)mongolian milk vetchplanta medicinal usada na tradicional medicina chinesa há milênios / dizem que cerca de 5 mil a.C. somente membros da família imperial chinesa podiam utilizá-la
babosaaloésAsphodelaceaeAloe veratrue aloe; medicinal aloenorte da Áfricaplanta medicinal
bálsamobálsamo-brancoCrassulaceaeSedum dendroideumtree sedum; tree stonecropMéxicoplanta suculenta medicinal e ornamental
bálsamo-de-gileadBurseraceaeCommiphora gileadensisarabian balm treePenínsula Arábicaplanta medicinal e aromática mencionada na Bíblia (Gênesis 37:25 e Jeremias 8:22); mesmo gênero da mirra (vide)
bambuPoaceae (sub-familia: Bambusoideae)c. 90 gêneros e 1250 espéciesbambooÁsia; África e Américasutilizado em inúmeras funções: artesanato, móveis, papel, construções indígenas, alimentação (brotos de bambu), etc
bardanaAsteraceaeArctium lappaburdockEuropaplanta medicinal desde o tempo dos gregos antigos / muito utilizado na culinária japonesa
beladonaSolanaceaeAtropa belladonna belladonna; deadly nightshadeEuropa, Norte de África e Ásia Ocidental altamente tóxica / usada como narcótico na Antigo Egito, veneno entre os romanos, cosmético na Europa (dilatação da pupila) e em bruxaria desde a Idade Média (supostas poções que as faziam voar) / aparece na saga de Harry Potter
benjoimbálsamo-de-benjoimStyracaceaeStyrax spp.benzoimsudeste da Ásia (Tailândia, Malásia, Indonésia)resina usada para fins medicinais, em perfumaria e também como incenso
boldo-de-jardimboldo-da-terra; falso-boldo; boldo-africanoLamiaceaePlectranthus barbatus (ou Coleus barbatus)coleusÁfricaplanta medicinal muito utilizada no Brasil; folhas aveludadas e flores azuladas / existem 2 outras espécies de plantas chamadas de "boldo" : boldo-do-chile (Peumus boldus) - vide abaixo e boldo-baiano (Vernonia condensata)
boldo-do-chileboldo-verdadeiroMonimiaceaePeumus boldusboldoChileplanta muito usada na medicina popular como remédio contra má digestão e distúrbios do fígado / árvore que atinge de 10m a 15 m de altura; suas folhas não têm pelos / planta rara no Brasil
buchaCucurbitaceaeLuffa aegyptiacasmooth luffa; egyptian luffa; egyptian cucumber; sponge gourd; sul e sudeste da Ásiaas fibras do fruto seco da bucha são utilizadas como esponja de limpeza
camomilacamomila-comum, camomila-vulgar, camomila-alemã, macelaAsteraceaeMatricaria recutitacamomile; chamomile; german camomileEuropa, Ásiaplanta medicinal
cana-de-açúcarPoaceaeSaccharum spp. (6 esp)sugar-canesul e sudeste da Ásiaprincipal planta utilizada na fabricação de açúcar e álcool (etanol)
canela-de-velhoMelastomataceaeMiconia albicansAméricas (Norte, Central, Sul)planta medicinal
cânforaLauraceaeCinnamomum camphoracamphor treeChina, Japãoplanta medicinal também utilizada como incenso
cânhamoCannabaceaeCannabis sativa subesp sativahempÁsia (Himalaia)utilizado na fabricação de tecidos, papel, cordas / conhecida pelos chineses há 8 mil anos / planta do mesmo gênero e espécie da maconha (vide), contudo as sub-espécies são diferentes: o cânhamo é da sub-espécie sativa (baixíssimo nível da substância THC - efeitos alucinógenos), enquanto a maconha é da sub-espécie indica (altíssimo nível de THC)
capimPoaceae / Cyperaceae1) familia Poaceae abrange 668 gêneros e mais de 10 mil esp / 2) familia Cyperaceae inclui 98 gêneros e mais de 4 mil espgrassnome dado a várias plantas das familias Poaceae (gramíneas) e Cyperaceae, geralmente rasteiras e forrageiras (servem de pasto). Alguns exemplos: capim-barba-de-bode; c-braquiária; c-colonião; c-elefante; c-gordura
capim-carrapichocapim-amoroso; capim-roseta; timbetePoaceaeCenchrus echinatussandburs; southern sandbur; sand spurplanta daninha que se fixa nas roupas e nos pelos dos animais.
capim-limãocapim-santo; capim-cidreiraPoaceaeCymbopogon citratuslemon grasssudeste da Ásiaplanta medicinal / capim-limão pertence ao mesmo gênero da citronela (vide)
carapiácapiá; contraervaMoraceaeDorstenia contrajervacontrayervaMéxico, Am. Central; Am. do Sulplanta medicinal
carquejabacantaAsteraceaeBaccharis trimeraBrasilplanta medicinal
cáscara-sagradaRhamnaceaeRhamnus purshianacascara buckthorn; bearberryCanadá e Est. Unidosplanta medicinal
castanha-d'águacastanha-d'água-chinesaCyperaceaeEleocharis dulcischinese water chestnutÁsia (principalmente China); Austrália; ilhas do Pacíficonão é uma noz, mas um vegetal aquático que cresce nos pântanos debaixo d'água / seu caule (cormo) é alimentício e muito nutritivo; bastante usado na culinária chinesa
catuabaErythroxylaceaeErythroxylum vacciniifoliumplanta medicinal considerada afrodisíaca
cavalinhaEquisetaceaeEquiseteum arvensecommon horsetail; field horsetail; giant horsetailpresente em todos os continentes, exceto Antártidaplanta medicinal
chacronaRubiaceaePsychotria viridisAm. do Sulum dos dois componentes da bebida alucinógena Ayahuasca utilizada por várias tribos indígenas sul-americanas e em alguns rituais religiosos xamânicos (ex.: Santo Daime) / (obs.: o outro componente é o cipó-mariri)
chapéu-de-couroaguapé; erva-do-brejo; erva-do-pântano; chá-de-mineiro; chá-de-campanhaAlismataceaeEchinodorus macrophyllus ou E. grandiflorusBrasil (MG até RS)planta medicinal / também utilizada na fabricação dos refrigerantes "Mineirinho" e "Mate Couro"
cicutaApiaceaeConium maculatumhemlock; poison hemlockEuropa (Mediterrâneo), Ásia e norte da Áfricaplanta medicinal / na Antiguidade, era utilizada como veneno para os condenados à morte; em 399 a.C., o filósofo grego Sócrates foi obrigado a se suicidar tomando uma poção dessa planta
cipó-mariricaapi; douradinhoMalpighiaceaeBanisteriopsis caapicaapi; yageAm. do Sulum dos dois componentes utilizados na preparação da bebida Ayahuasca (obs.: a outra planta utilizada é a chacrona - vide)
citronelaPoaceaeCymbopogon narduscitronella grassÁsiadela se extrai um óleo muito usado como repelente de insetos / mesmo gênero do capim-limão (vide)
cocaErythroxylaceaeErythroxylum cocacocaBolivia e Peruplanta medicinal desde o tempo dos antigos incas / suas folhas contêm diversos alcaloides, entre eles a cocaína / nos Andes, os nativos costumam mascar suas folhas para aplacar o cansaço e a fome
confreiconsólidaBoraginaceaeSymphytum officinalecomfreyEuropaplanta medicinal
daturaerva-do-diabo; estramônio; figueira-do-diabo; figueira-brava; trombeta; trombeteira; zabumbaSolanaceaeDatura innoxiamoonflower; downy thorn apple; nacazcul; toloatzin; tolguache; toloacheMéxico, Am. Central e Am. do Sulplanta medicinal e alucinógena usada pelos indígenas do México e Am. Central // Carlos Castañeda publicou em 1968 um livro chamado no Brasil de "Erva do Diabo" , no qual descrevia a utilização dessa planta em rituais mágicos de povos ameríndios / existem várias outras espécies deste mesmo gênero "datura" capazes de provocar alucinações; diziam que as feiticeiras medievais se utilizavam de uma poção da Datura stramonium para provocar a sensação de estarem voando
erva-cidreiramelissaLamiaceaeMelissa officinalislemon balmsul da Europaplanta medicinal
erva-de-gatoerva-gateiraLamiaceaeNepeta catariacatnip; catswort; catmintEuropa; Ásiaplanta medicinal / aroma desta erva tem efeito excitante em gatos e outros felinos / usada no enchimento de brinquedos de pano para gatos / na Idade Média, as folhas eram utilizadas para condimentar carnes
erva-de-loboRanunculaceaeAconitum lycoctonumwolfsbaneEuropa e norte da Ásiaplanta venenosa que consta do livro "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban"
erva-de-passarinhoLoranthaceaeStruthanthus flexicaulisplanta parasitária considerada erva daninha / algumas indicações medicinais / existem diversas plantas dessa família Loranthaceae e também da família Santalaceae que possuem esta designação comum de "erva-de-passarinho"
erva-de-são-joãohipéricoHypericaceae Hypericum perforatumst. John's wortpartes temperadas da Europa e Ásiano passado, era considerada capaz de afastar maus espíritos, tendo sido utilizada no tratamento de inúmeras doenças mentais / atualmente é usada como antidepressiva
ervilha-do-rosárioFabaceaeAbrus precatoriusAkar saga; jequirity; crab's eye; rosary pea; Ásia (Índia, Tailândia, Filipinas, Vietnam) e África tropicalsuas sementes são usadas no artesanato (colares, pulseiras) nativo de algumas regiões / são muito parecidas com as sementes da árvore "olho-de-pavão" (Adenanthera pavonina) e são extremamente venenosas / suas folhas e raízes têm algumas aplicações em medicina alternativa
espinheira-santaespinheira-divina; cancerosa; cancorosa; maitenoCelastraceaeMaytenus ilicifoliaAm. do Sulplanta medicinal
favelafaveleira, faveleiro, mandioca-bravaEuphorbiaceaeCnidoscolus quercifoliusBrasil (nordeste)planta que deu origem ao termo "favela" (o povoado de Canudos - Guerra de Canudos - ficava próximo a um morro denominada Morro da Favela por ser recoberto desta planta) / ao retornarem para o Rio de janeiro em 1897, alguns soldados tiveram que se instalar em habitações provisórias no Morro da Providência que passou então a ser chamado de "Morro da Favela" em referência ao morro original naquela guerra // a faveleira produz frutos alimentícios e nutritivos semelhantes a amendoins
feno-gregoalfarva; alforva; alforbaFabaceaeTrigonella foenum-graecum fenugreekOriente Próximo (Jordânia, Israel, Líbano, Siria e Iraque)desde a Antiguidade, esta planta já era utilizada como medicinal e como especiaria / sementes de sabor amargo utilizadas na cozinha asiática / um dos componentes do curry indiano
ginsengginseng chinêsAraliaceaePanax ginsengginsengÁsia (China, Coreia, Rússia asiática)planta medicinal
guaçatongaguaçatunga; café-do-mato; pitumbaSalicaceaeCasearia sylvestriswild cherry; wild honey-tree; pipewood; biscuitwoo; jumbie-appleAm. Central (desde Honduras) até Am. do Sul (Argentina)planta medicinal
guacoerva-de-bruxa; erva-de-cobra; AsteraceaeMikania glomeratagauco; huaco; Am. Central; Am. do Sul / Brasil (SP até RS)planta medicinal
guaximaguanxuma; vassoura; vassourinhaMalvaceaeSida rhombifoliaarrowleaf sidaplanta medicinal / já foi bastante popular para confecção de vassouras artesanais
guinéerva-de-guiné; rabo-de-gambá; amansa-senhorPhytolaccaceaePetiveria tetrandraguinea henweed; petiMéxico; Am. Central; Am. do Sulplanta medicinal
heraAraliaceaeHedera helixivyEuropaplanta medicinal / planta trepadeira de muros, sebes e árvores
ipecacuanhapoaia; raiz-do-brasil; ipeca; cagosantaRubiaceaeCarapichea ipecacuanhaAm. Central e Am. Sul (Brasil e Colômbia)planta medicinal
isatispastel; pastel-dos-tintureirosBrassicaceaeIsatis tinctoriawoad; glastumÁsia Central (Cáucaso)planta muito usada como corante azul de tecidos, caindo em desuso depois da introdução da anileira (vide)
jambuagrião-do-pará; oripepé; pimenta-d'água; pingo-de-ouroAsteraceaeAcmella oleraceatoothache plant; paracress; buzz buttons; electric daisyAm. do Sul (Região Amazônica)planta medicinal / muito utilizada na culinária amazônica, principalmente no preparo do "molho-de-tucupi" / folhas e flores, quando mastigadas, produzem um leve formigamento nos lábios e na língua / erva religiosa em rituais de candomblé (Bahia) com os nomes de oripepé; pimenta-d'água; pingo-de-ouro / usada como especiaria na China
jojobaSimmondsiaceaeSimmondsia chinensisgoat nut; deer nut; wild hazel; coffee berryEst. Unidos e México (desertos de Mojave e Sonora)planta medicinal também usada na fabricação de cosméticos
joájuá; arrebenta-cavalo; mata-cavalo; melancia-da-praia; babáSolanaceaeSolanum aculeatissimum (S. capsicoides)indian nightshade; dutch eggplant; cockroach berryÁfrica; Am. do Sulplanta medicinal / polpa comestível mas as sementes são muito tóxicas / não confundir com juá, fruto do juazeiro (Ziziphus joazeiro) (vide item "Frutas brasileiras")
junçajunquinha-mansaCyperaceaeCyperus esculentuschufa sedge; nut grass; yellow nutsedge; tiger nut sedgeSul da Europa; África; Oriente Médio; Índiatubérculos comestíveis / na Espanha, esta planta é usada para se fazer o refresco chamado "orchata" ou "chufa"
juncoJuncaceaeJuncus spp. (c. 300 esp.)rushplanta medicinal / durante vários séculos foi também muito utilizada em artesanato (espec. trabalhos trançados)
jurubebaSolanaceaeSolanum paniculatumjurubebaBrasilplanta medicinal
jutacânhamo-de-calcutáMalvaceaeCorchorus capsularisjuteÍndiaplanta têxtil
kratomRubiaceaeMitragyna speciosa kratomsudeste asiáticoplanta medicinal muito usada na Malásia e Tailândia por suas propriedades relaxantes e psicotrópicas
linhoLinaceaeLinum usitatissimumflaxMediterrâneo oriental; Oriente Médio; Turquia asiática (Anatólia)as fibras do linho são utilizadas na fabricação de tecidos / além de ser uma planta têxtil, sua semente (linhaça) é usada na culinária tendo alto valor nutritivo (vide item Cereais e Grãos)
lobeirafruta-de-lobo; berinjela-do-cerrado; guarambáSolanaceaeSolanum lycocarpumwolf's apple; wolf's fruitBrasil (norte, centro-oeste, sudeste)planta medicinal / seus frutos são muito apreciados pelo "lobo-guará"
maca-peruanamaca; maca-andinaBrassicaceaeLepidium meyeniiperuvian macaPeru (região andina)tubérculo medicinal considerado afrodisíaco
macelamacela-do-campo; macela-de-travesseiro; "marcela"AsteraceaeAchyrocline satureioidesArgentina, Uruguai, Paraguai, Brasil (BA até RS)planta medicinal e cosmética / usada como estofo de travesseiro em algumas localidades
maconhaCannabaceaeCannabis sativa subsp. indicamarihuanaChinaresina da maconha possui propriedades medicinais e alucinógenas / planta do mesmo gênero e espécie do cânhamo (vide); a diferença é a sub-espécie: cânhamo - sub-espécie sativa (baixíssimo nível da substância THC); maconha - sub-espécie indica (altíssimo nível de THC)
malvaMalvaceaeMalva spp. (c. 30 esp)mallowEuropa, Ásia, Áfricaplanta medicinal
mamonarícino; carrapateiraEuphorbiaceaeRicinus communiscastor oil plant; castor beanMediterrâneo; África oriental (Etiópia) e Índia / Brasil (BA maior produtor)planta medicinal no Antigo Egito / da semente de seu fruto se extrai o óleo de rícino usado como purgante / no Brasil, é importante fonte para a produção de biodiesel (combustível proveniente de fontes renováveis)
mandrágoraSolanaceaeMandragora officinarummandrakeRegião Mediterrâneaplanta de uso medicinal e alucinógena com várias crendices a seu respeito, tendo sido usada como afrodisíaca e em rituais mágicos e de bruxaria na Antiguidade e Idade Média / citada na Bíblia e em várias outras obras da literatura como em Shakespeare (Romeu e Julieta); Maquiavel, Harry Potter e a Câmara Secreta e diversas outras
mangue-vermelhomangue-verdadeiro; mangue-bravo; sapateiro; mangueiroRhizophoraceaeRhizophora manglered mangroveAméricas (Norte, Central, Sul); África ocidental / Brasil (litoral do AM a SC)esp. típica de manguezal, sendo fundamental para o equilíbrio deste tipo de ecosistema (áreas de preservação permanentes) / planta medicinal / madeira e folhas usadas na indústria de couros / casca raspada apresenta coloração avermelhada
meimendroSolanaceaeHyoscyamus nigerhenbane; black henbane; stinking nightshadeplanta venenosa devido à alta concentração de alcalóides / também planta medicinal usada na medicina tradicional e em homeopatia como calmante / na Idade Média, era utlizada como afrodisíaco; os chamados "filtros de amor"
melão-de-são-caetanomelãozinho; melão-amargoCucurbitaceaeMomordica charantiabitter melon; bitter gourd; balsam pearÁsia (Índia, China), África oriental, Caribe, América do Sul (Região Amazônica)fruto medicinal trazido da África pelos escravos / seu nome deriva do fato de terem sido plantados ao redor de uma capelinha em Mariana - MG cujo padroeiro era São Caetano / as folhas desta planta eram usadas pelas lavadeiras para clarear a roupa / utilizado na culinária japonesa sob o nome de nigauri ou goya
milefóliomil-folhas; aquileia mil-folhas; milenrama; erva-dos-carpinteiros; feiteirinha; novalginaAsteraceaeAchillea millefoliumyarrowÁsia, Europa e Am. do Norteplanta medicinal (estancamento de sangue) e também utilizada em rituais mágicos e de bruxaria por vários povos desde a Antiguidade / o nome latino Achillea deriva do nome do herói grego Aquiles (Ilíada) que teria levado a planta na Guerra de Troia para curar as feridas dos soldados de seu exército / muito utilizada pelos antigos celtas em sua medicina e em alguns de seus rituais mágicos / os chineses usavam caules de milefólio nas consultas ao seu livro de oráculos "I Ching"
mirraBurseraceaeCommiphora myrrhamyrrhPenínsula Arábica (Omã; Iêmen) e nordeste da África (Djibuti; Etiópia; Somália)planta medicinal / sua resina é usada como incenso e perfume / um dos presentes dos Reis Magos ao Menino Jesus / a mirra é do mesmo gênero do "bálsamo de Gileade" mencionado na Biblia (vide)
moringaacácia-branca; quiabo-de-quinaMoringaceaeMoringa oleiferamoringa; drumstick tree; horseradish treeNoroeste da Índia; Himalaiaplanta medicinal / também muito utilizada na culinária de alguns países asiáticos (Índia, Myanmar, Tailândia, Camboja, Indonésia, Filipinas) e africanos
mucunaFabaceaeMucuna spp.velvet beanÁsia (Índia)
nardooMarsileaceaeMarsilea drumonddiinardooAustráliaplanta aquática, comum no interior da Austrália, cujas folhas se assemelham a um trevo de quatro folhas, sendo bastante usada na alimentação dos povos aborígenes / por conter uma susbstância muito tóxica (tiaminase), o nardoo precisa ser cuidadosamente preparado antes de poder ser consumido
papiroCyperaceaeCyperus papyruspapyrus sedge; paper reedÁfricaplanta abundante nas margens do rio Nilo, sendo considerada sagrada no Antigo Egito / dela se confeccionava o "papiro", meio de escrita amplamente utilizado na Antiguidade / era também utilizada na confecção de cestos, esteiras, cordas, tecidos, sandálias e até barcos
patchulipachuli; orizaLamiaceaePogostemon cablin / Pogostemon patchoulypatchouliÍndia e Sudeste asiático (Indonésia, Malásia)planta aromática usada em perfumaria, na indústria de cosméticos e como planta medicinal / no Brasil, cultivada principalmente no Pará e Maranhão sendo conhecida como "oriza"
peiotemescalCactaceaeLophophora williamsiipeyotsul dos Est. Unidos e Méxicopequeno cacto de propriedades alucinógenas (mescalina) usado em rituais religiosos por povos ameríndios desta região do sul dos Estados Unidos e México , sendo também uma planta medicinal
pente-de-macacocipó-pente-de-macaco; escova-de-macacoBignoniaceaeAmphilophium crucigerum (Pithecoctenium echinatum ou P. crucigerum) monkey's combCaribe e Am. do Sul (ocorre em todo o Brasil, sendo mais comum de MG a RS)planta medicinal / seus frutos secos são usados em artesanato
picãoerva-picão; carrapicho; picão-pretoAsteraceaeBidens pilosablack jack; cobbler's pegs; spanish needleAm. do Sulplanta considerada daninha em muitos lugares, mas na China é usada como erva medicinal e em alguns países da África como planta alimentícia
poejohortelãzinhoLamiaceaeMentha pulegiumpennyroyal; squaw mint; mosquito mint; pudding grassMediterrâneo; Ásia ocidentalplanta medicinal / em alguns lugares é usada em culinária, em infusões e no fabrico de licores
pripriocapiripiriocaCyperaceaeCyperus articulatusBrasil (Amazônia)mesmo gênero do papiro / perfume tradicional da região amazônica / óleo muito valorizado na indústria medicinal e de cosméticos
quebra-pedraarrebenta-pedra; erva-pombinhaPhyllanthaceaePhyllanthus nirurigale of the wind; stonebreakerAm. do Sul (Reg. Amazônica); Ásia (Índia; China)planta medicinal
quinaquinquinaRubiaceaeCinchona officinalisquinine barkAm. do Sul (Reg. dos Andes)planta medicinal de cuja casca se extrai a quinina, substância usada contra malária
radulaRadulaceaeRadula marginataradula; wairuakohuNova Zelândia e Austrália (Tasmânia)planta que contém uma substância "canabinoide", similar ao THC da maconha
ruibarbo (medicinal)PolygonaceaeRheum palmatumrhubarb; turkey rhubarb; chinese rhubarb; russian rhubarbplanta medicinal utilizada há milhares de anos / existe um outro ruibarbo cujos talos são comestíveis (Rheum rhabarbarum) (vide item "Hortaliças")
salsaparrilhaSmilacaceaeSmilax asperarough bindweedEuropa mediterrânea, África e Ásiaplanta medicinal cujos frutos são muito apreciados pelas aves / a raíz desta planta era o ingrediente principal de um antigo refrigerante famoso na Espanha nos anos 1960 chamado Zarzaparrilha 1001
sapêsapé; capim-sapê; capim-pebaPoaceaeImperata brasiliensisbladygrass; brazilian satintailgramínea cujos caules secos são utilizados na cobertura de casas rústicas
sensitivadormideira; dorme-dormeFabaceaeMimosa pudicasensitive plant; sleepy plant; shy plantAm. Central e Am. do Sulplanta medicinal cujas folhas se fecham quando tocadas
sisalAgavaceaeAgave sisalanasisalMéxicoplanta têxtil cujas fibras são utilizadas na confecção de cordas, tapetes, sacaria, artesanato, etc
tabacoSolanaceaeNicotiana tabacumAm. do Sul (região andina)os nativos americanos usavam as folhas do tabaco com diferentes finalidades (medicinal, lazer e religiosa) e sob diferentes formas (em pó, mascada, bebida, fumada) / esta planta foi levada para a Europa pelos espanhóis no inicio do século XVI onde veio a se tornar muito popular, principalmente sob a forma de rapé
tabuataboaTyphaceaeTypha domingensissouthern cattailplanta aquática depuradora de águas poluídas / sua fibra é utilizada em artesanato (esteiras, móveis, cestas, bolsas, etc)
tanacetoatanásia; atanásia-das-boticas; catinga-de-mulata; cheiro-de-mulata; erva-de-são-marcosAsteraceaeTanacetum vulgaretansy; bitter buttons; cow bitter; golden buttonsEuropa e Ásia setentrionaisplanta aromática usada por alguns povos como erva medicinal e também em infusões e como aromatizante de certos alimentos
terebintocornalheiraAnacardiaceaePistacia therebinthusterebinth; turpentine treeRegião Mediterrâneafonte de terenbintina (solvente)
tiriricabarba-de-bodeCyperaceaeCyperus rotunduscoco grass; purple nut sedge; red nut sedgeplanta daninha de maior distribuição no mundo
trevoFabaceaeTrifolium spp. (c. 300 esp)clover; trifoilmuitas espécies são plantas forrageiras / normalmente, cada folha apresenta 3 folíolos; daí o nome latino "trifolium" / o chamado trevo-de-quatro-folhas (Trifolium repens) é muito raro, por isso, desde a época dos antigos celtas, acredita-se que encontrar um seja sinal de boa sorte / existe uma espécie cultivada do trevo-de-quatro-folhas (Marsilea quadrifolia) chamado por alguns de "falso-trevo-de-quatro-folhas"
unha-de-gatoRubiaceaeUncaria tomentosacat´s clawAm. Central; Am. do Sulplanta medicinal
urtigaurtiga-picante; baionaUrticaceaeUrtica dioicanettleEuropa; Ásiausada na medicina tradicional desde a Antiguidade / também já foi muito utilizada como planta alimentícia e têxtil / o contato com suas folhas provoca um ardor intenso
uva-de-ratoerva-tintureiraPhytolaccaceaePhytolacca americanapokeweedleste da Am. do Norteuso medicinal entre os indígenas norte-americanos; suas bagas eram usadas em tinturaria sendo altamente tóxicas
valerianaValerianaceaeValeriana officinalisgarden valerianEuropa; Ásiaplanta medicinal desde o tempo dos gregos antigos e romanos
vinagreiraazedinha; caruru-azedo; quiabo-azedoMalvaceaeHibiscus sabdariffaroselleÁfricaplanta medicinal / também de uso culinário (condimento para carnes e peixes; erva em alguns pratos asiáticos e africanos, etc); na cozinha maranhense, faz parte do molho denominado "cuxá"
viscoerva-de-passarinhoSantalaceaeViscum albummistletoeEuropaplanta medicinal / considerada sagrada pelos antigos celtas devido a seus poderes mágicos de proteção e cura